Esporte | Destaque mundial

Maranhense conquista o 3º lugar no Mundial de Kitesurf na Itália

Maranhense conquista o 3º lugar no Mundial de Kitesurf na Itália
19/10/2021 às 16h03
Maranhense conquista o 3º lugar no Mundial de Kitesurf na Itália Socorro Reis coloca o Maranhão no pódio do Mundial de Kitesurf (Divulgação)

SÃO LUÍS - Mais uma conquista importante para a kitesurfista maranhense Socorro Reis, do Time Fribal. Desta vez, a tetracampeã brasileira e campeã sul-americana de Hydrofoil garantiu um lugar no pódio no Campeonato Mundial de Kitesurf, competição realizada em Torre Grande, na Itália, ao longo da última semana. Com muita garra e superação, Socorrinho, que conta com os patrocínios do governo do Estado e da Fribal por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, conquistou o terceiro lugar na categoria Master Feminina, manteve o bom momento na temporada e segue entre as melhores atletas do mundo na atualidade.

Para Socorro Reis, esta edição do Mundial de Kitesurf foi marcada por alguns “contratempos”. A maranhense encontrou dificuldades no velejo e chegou a ser penalizada, o que prejudicou sua pontuação nas regatas. Mesmo assim, a “Rainha dos Mares” se superou, reagiu na competição para terminar com a terceira colocação na categoria Master Feminina e colocar o Maranhão e Brasil, mais uma vez, no pódio de um evento internacional.

“Com certeza mais um evento que ficará marcado na história. Tive muitos contratempos. No terceiro dia, fui protestada pela comissão organizadora e fui penalizada em todas as regatas que corri e isso me trouxe um prejuízo imenso que me deixou muito abaixo na colocação geral. Lugar de difícil velejo, raia de difícil leitura, enroscos e outros mais. Com certeza é um dos lugares mais difícil que já corri, mas consegui o terceiro lugar na categoria Master, subi no pódio levando a bandeira do meu país, do meu Estado, dos meus patrocinadores e apoiadores e estou muito feliz por isso”, disse Socorrinho.

O bronze na categoria Master tem um significado bastante especial para a kitesurfista maranhense, principalmente dentro do ciclo olímpico de Paris 2024, uma vez que o kitesurf será disputado nas próximas Olimpíadas. E o resultado motiva Socorrinho para os próximos desafios.

“Voltando para casa com muito dever a fazer, muita coisa para organizar, mas vou seguir focada no meu objetivo. Queria agradecer aos meus patrocinadores, apoiadores, amigos, família e todos aqueles que torceram por mim. Vamos sempre em frente, rumo ao próximo desafio”, concluiu.

Com o resultado no Mundial deste ano, Socorro Reis segue figurando entre as melhores da modalidade. Em grande fase nas últimas temporadas, o 2021 da “Rainha dos Mares” está sendo vitorioso. Em agosto, a maranhense havia sido vice-campeã pan-americana de Kitesurf, competição realizada em Cabarete, na República Dominicana.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte