Alternativo | Exposição

Museu das Ilusões estende temporada em São Luís até dezembro

Exposição que encerraria em outubro segue até o dia 31 de dezembro, pode ser conferida por famílias, amigos e grupos escolares que estão em busca de programação educativa.
18/10/2021 às 12h18
Museu das Ilusões estende temporada em São Luís até dezembroDivulgação

São Luís - Museu das Ilusões permanece em exposição em São Luís. Devido ao seu sucesso durante a volta das atividades presenciais e alta procura por escolas, o Museu estende temporada, no Shopping da Ilha, e fica até o dia 31 de dezembro na capital maranhense.

Instalado em um espaço amplo, de aproximadamente 1.600 m² ao todo, a exposição conta com 70 atrações. A mostra oferece uma experiência divertida aos visitantes, que podem tirar fotos e gravar vídeos em situações inusitadas.

Com o retorno das atividades culturais, o Museu tem sido bastante procurado, especialmente por escolas que retornaram com os estudos do meio. O acervo constitui uma ótima atração para grupos escolares, visto que além de proporcionar experiências divertidas, é também uma aula sobre ilusões de ótica e conceitos diversos da física, da geometria e matemática envolvidos neste universo. Conhecida como ilusão de ótica, é um fenômeno que envolve tanto a biologia dos olhos e cérebro, quanto a física da luz, responsável por possibilitar como enxergamos o mundo em nossa volta, incluindo diferentes ângulos, comprimentos e distâncias.

Instalada em um espaço amplo de 1.600 m² de exposição, com peças distantes uma das outras, onde é possível caminhar sem aglomeração e curtir a programação em grupos de forma segura e seguindo os protocolos. Com entradas programadas a cada 15 minutos, o museu também controla a capacidade do público, de forma bem fracionada, tudo cuidadosamente pensado para uma melhor circulação e contemplação das peças.

CONHEÇA ALGUMAS DAS OBRAS QUE PODEM SER CONFERIDAS NA EXPOSIÇÃO:

CASA INVERTIDA: “Faça belas poses, tire fotos, vire as imagens. Veja que cenas engraçadíssimas você produziu”.

SALA ANTI-GRAVIDADE: “Incline o corpo ereto e fotografe. Na foto, você parecerá um atleta ou dançarino profissional...”.

SALA DO INFINITO: “Entre nessa sala e faça uma viagem ao infinito”.

SALA DOS GIGANTES: “Pessoas que mudam de tamanho?...basta trocar de canto e fazer as fotos. De pequeno a gigante em alguns passos”.

CADEIRAS CONFUSAS: “Quem senta e encosta com as pernas esticadas, em cima da cadeira grande, parece menor de quem se senta, na cadeira pequena. Fotografe e confira”.

CADEIRAS DA ILUSÃO: “Essa cadeira parece estranha? Na foto não. Um se senta na cadeira, outro faz pose na marcação e outro enquadra e faz a foto... você não vai acreditar no resultado”.

EINSTEIN FACE A FACE: “Dr. Einstein se projeta para fora e nos segue com os olhos para todos os lados. Será?”

MUSEU DAS ILUSÕES

O Museu das Ilusões do Brasil oferece a maior experiência de ilusões de ótica do mundo. Único do gênero na América Latina, já conta com cerca de 70 peças em seu acervo de São Luís.

O projeto surgiu da parceria entre o físico e professor Julio Abdalla, criador da ExperCiência, maior evento itinerante de ciência do Brasil, e o consultor e assessor em projetos de entretenimento, Paulo Zimmermann, que juntos compartilharam a vontade de criar e oferecer experiências no campo da ciência que antes só podiam ser vistas no exterior.

Com curadoria do professor Julio Abdalla, diversas peças vindas do mundo todo estão disponíveis para todos os brasileiros. A exposição, que tem formato itinerante e já passou por seis cidades, promete uma intrigante experiência visual. Sabe aquela situação que causa na gente uma chacoalhada no cérebro para ver se realmente temos certeza do que vemos?! Essa é uma das sensações que o Museu das Ilusões provoca, além de muitos risos e desafios as nossas certezas.

ILUSÕES DE ÓTICA

Em algum momento da vida, todo mundo já se deparou com uma imagem que gerou certa estranheza e confusão na mente, parecendo que aquilo não faz parte da realidade que conhecemos.

Esses aspectos que constituem as ilusões de ótica fazem com que esse fenômeno se torne uma técnica muito valiosa tanto para a arte, quanto para a ciência e a educação, visto que a partir de diversos exemplos encontrados no Museu das ilusões, torna-se possível combinar diversão com explicações de como funciona o corpo humano em seus aspectos cognitivos e fisiológicos, e suas interações com a luz e suas interpretações de cores, profundidade etc.

As ilusões têm uma longa história ao longo de séculos, indo desde os antigos gregos, em 350 AC, com Aristóteles observando uma cachoeira e ao desviar o olhar para rochas estáticas, as rochas parecerão se mover na direção oposta do fluxo de água, até o início do século XX, em 1915, com o cartunista W. E. Hill que publicou o famoso desenho em que duas imagens podem ser vistas. Uma é uma garota, posicionada de perfil olhando para longe, a outra é o rosto de uma senhora idosa que olha para o chão.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte