Política | Paralisação

Greve dos rodoviários deve ser discutida na Câmara Municipal de São Luís

Categoria anunciou greve para o dia 21 de outubro como forma de pressionar a classe empresarial a reajustar salários e a mudar a jornada de trabalho
Ronaldo Rocha da editoria de Política14/10/2021 às 07h43
Greve dos rodoviários deve ser discutida na Câmara Municipal de São Luísrodoviarios

SÃO LUÍS - A Câmara Municipal de São Luís deve discutir nos próximos dias a greve dos trabalhadores em transporte rodoviário de São Luís.

Motoristas, cobradores e fiscais de ônibus que atuam no sistema de transporte público da capital, anunciaram para o dia 21 deste mês [próxima quinta-feira], o movimento grevista.

Eles cobram do SET (Sindicato das Empresas de Transporte) um reajuste salarial de 13%; jornada de trabalho de seis horas; tíquete de alimentação no valor de R$ 800; manutenção do plano de saúde e a inclusão de um dependente, além da concessão do auxílio-creche para trabalhadores com filhos pequenos.

O tema deverá ser levado para o Plenário da Câmara Municipal, onde haverá discussão sobre as exigências dos rodoviários e a greve, que atingirá milhares de usuários do transporte público e São Luís.

Em algumas das manifestações anteriores da categoria, o Legislativo Municipal se propôs a realizar audiências na Casa para discutir o tema.

Os parlamentares devem se reunir no início da próxima semana para tratar do problema.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte