Cidades | Atendimentos

Dia Mundial da Saúde Mental com Ação Resgate e Saúde na Praça

Ações, realizada no Centro e Monte Castelo, em São Luís, ofereceram serviços como atendimento médico clínico, testes rápidos, distribuição de preservativos, resgate de dependentes químicos, entre outros
Kethlen Mata / O Estado09/10/2021
Dia Mundial da Saúde Mental com Ação Resgate e Saúde na PraçaNesta sexta-feira, foi realizada, no Centro, a 24ª edição do Projeto Ação Resgate, com atendimento a pacientes químicos e à população (Divulgação)

São Luís – Duas ações sociais foram realizadas em São Luís, nesta sexta-feira (8), em alusão ao Dia Mundial da Saúde Mental (dia 10 de outubro). Na Praça Mestre Antônio Vieira, no Monte Castelo, foi realizada a 4ª edição do Programa Saúde na Praça, e na Praça Deodoro, ocorreu mais uma edição do Ação Resgate – que tem a colaboração do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas do Maranhão (CAPS-AD). Na oportunidade, dois dependentes químicos foram resgatados e levados para tratamento no centro de atendimento do CAPS-AD.

O Ação Resgate é executado em parceria com a Delegacia de Costumes e a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), da Prefeitura de São Luís. Da ação, participa uma equipe multiprofissional composta por farmacêutico, bioquímico, médico clínico, enfermeiro e técnico de enfermagem. No caso do Saúde na Praça, a execução fica a cargo da Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).

Ação Resgate (Praça Deodoro)
Tendo como pilar, saúde, cidadania e humanização, o Governo do Estado realizou, nesta sexta-feira, 8, uma edição especial do Ação Resgate. De acordo com o coordenador do CAPS-AD Estadual, Marcelo Costa, essa foi a 24ª edição do projeto. Foram realizados 485 atendimentos à população. Além disso, duas pessoas com dependência química foram resgatadas.

Eles foram internados na unidade de atendimento do CAPS-AS.
Morando na Praça há quase quatro meses, Deodoro Ribeiro, 42 anos, foi um dos pacientes atendidos na sexta-feira. Para ele, esse tipo de projeto é importante, pois a saúde deve vir sempre em primeiro lugar. “Aceitei ser internado e, com fé em Deus, quero minha mudança. Quero conquistar minha família e meus amigos de novo. Aqui eu fiz os testes e todos deram negativos”, afirmou.

Na edição do Ação resgate desta sexta-feira foram ofertados serviços como atendimento médico clínico, testes rápidos para Covid-19 e Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) como HIV/Aids, Sífilis, Hepatites A e B, distribuição de preservativos masculinos e femininos, atendimento com psicólogo.

Saúde na Praça
A 4ª edição do Programa Saúde na Praça também aconteceu, nesta sexta-feira (8). Desta vez na Praça Mestre Antônio Vieira, no Monte Castelo. A ação estava prevista para acontecer das 8h às 16h, mas por volta das 15h as fichas para atendimento já haviam acabado. Toda operação também foi voltada para a saúde mental.

Foram oferecidos serviços de consultas psiquiátricas e atendimento psicológico, além de aferição de pressão e glicemia, testes rápidos, exame preventivo, vacinação e avaliação nutricional. Também houve triagem cirúrgica nas áreas de ginecologia, cirurgia geral e urologia.

O projeto Saúde na Praça já foi realizado na Vila Nova, Cidade Operária e João de Deus, contabilizando 11.189 atendimentos.

Saúde na Praça no Parque João Paulo II
Neste sábado (9), as ações do Programa Saúde na Praça acontecerão no Parque João Paulo II (mais conhecido como Papódromo), no Centro. Nesta edição, o programa é focado na oftalmologia, com atendimentos exclusivos para avaliação cirúrgica para catarata, pterígio e retina. As atividades acontecem das 8h às 16h.

Para atendimento, é necessário apresentar documento oficial com foto, cartão do SUS e comprovante de residência.

SAIBA MAIS

Dia Mundial da Saúde Mental

Instituído em 1992 pela Federação Mundial de Saúde Mental, data traz importantes reflexões sobre questões de distúrbios mentais e saúde mental, que infelizmente ainda é uma das áreas mais negligenciadas da saúde.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte