Política | Pandora Pepers

Flávio Dino chama de "falsos patriotas" adversários citados em relatório

Ministro da Economia Paulo Guedes foi citado por Consórcio Internacional no caso chamado de Pandora Papers
Ronaldo Rocha e Gilberto Léda da editoria de Política05/10/2021 às 08h42
Flávio Dino chama de "falsos patriotas" adversários citados em relatórioReprodução

SÃO LUÍS - O governador Flávio Dino (PSB) se manifestou por meio de seu perfil em rede social, sobre o relatório elaborado pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ), no caso conhecido como Pandora Papes, que citou o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Ambos possuem offshores em paraísos fiscais.

“‘Dólar acima de tudo, paraíso fiscal acima de todos’. Esse é o verdadeiro lema dos falsos patriotas. E quem paga a conta é a família que não consegue comprar gás de cozinha. Vale lembrar: além de cumprir as leis, quem exerce uma função pública deve possuir AUTORIDADE MORAL”, declarou o socialista.

O Ministério da Economia afirmou, em comunicado que o ministro declarou à Receita Federal e aos demais órgãos competentes, antes de assumir o cargo no Governo Federal, sua participação em uma empresa offshore.

Ao Valor Econômico, Campos Neto afirmou que manteve suas posições inalteradas desde que assumiu o cargo no governo.

“Está tudo declarado. Inclusive tem acesso público pelo site do Senado. Eu não fiz nenhuma remessa para empresa em nenhum momento desde que cheguei ao governo. Eu não fiz nenhum investimento financeiro em nenhuma empresa. A gente colocou isso numa mensagem e está bastante claro. É importante explicar, esclarecer e seguir em diante com a nossa agenda“, disse.

O caso ganhou repercussão no Senado da República e na Câmara Federal.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte