Polícia | Júri popular

Autor de homicídio de publicitário é condenado a 16 anos

Julgamento de Raimundo Diniz, que matou a tiros o publicitário Diogo Costa ocorreu ontem, no Fórum
30/09/2021

São Luís - Raimundo Cláudio Diniz, conhecido como Vando ou Louro, acusado de matar o publicitário Diogo Adriano Costa Campos, no dia 16 de junho de 2020, por volta das 11h30, na Lagoa da Jansen, foi condenado pelo crime de homicídio duplamente qualificado e cumprirá pena de 16 anos e seis meses. A condenação foi anunciada ontem pelo juiz titular da 4ª Vara do Tribunal do Júri, José Ribamar Goulart Heluy Júnior, em julgamento realizado ontem, 29, no Fórum Desembargador Sarney Costa.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte