Política | Eleições 2022

Eduardo Braide se mantém distante da disputa pré-eleitoral pelo Governo

Apoiado pelo senador Weverton Rocha (PDT) no segundo turno da eleição municipal do ano passado, Braide ainda não se posicionou sobre 2022
Ronaldo Rocha da editoria de Política27/09/2021 às 10h28
Eduardo Braide se mantém distante da disputa pré-eleitoral pelo GovernoPaulo Soares/O Estado

SÃO LUÍS - O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), tem se mantido distante dos pré-candidatos ao Governo do Estado e das discussões sobre a sucessão do governador Flávio Dino (PSB) em 2022.

Eleito prefeito da capital no ano passado com o apoio do PDT e do senador Weverton Rocha no segundo turno da eleição municipal, Braide não tem se envolvido em discussões públicas sobre o tema.

Braide tem se concentrado no programa de vacinação contra a Covid-19. Ele também tem buscado soluções para o problema das escolas que ainda permanecem fechadas por conta da precariedade estrutural dos prédios públicos. E segundo ele próprio, esse é o foco no momento.

Na disputa pelo Governo do Estado ele tem como aliado o deputado federal e presidente do PSD, Edilázio Júnior - que é o principal articular da pré-candidatura de Edivaldo Holanda Júnior para o Palácio dos Leões -, e também tem uma relação muito próxima com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, apoiador de Weverton Rocha.

Mesmo assim, acredita que ainda não é o momento de se posicionar sobre o pleito de 2022.

Tradicionalmente, o prefeito da capital impõe peso importante na disputa para o Governo do Estado, principalmente pelo fato de a capital exercer a posição de maior colégio eleitoral do Maranhão.

Até o momento, contudo, não há uma definição sobre com quem o prefeito caminhará na eleição estadual.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte