Política | Polêmica

Deputado critica situação da educação em São Luís

Duarte Jr. repercutiu na AL entrevista do secretário de Educação, Marcos Moura, no Bom Dia Mirante, e criticou falta de planejamento para retorno das aulas
23/09/2021
Deputado critica situação da educação em São LuísDuarte disse que Prefeitura não conseguiu planejar retomada das aulas (Reprodução)

A entrevista concedida pelo secretário Municipal de Educação de São Luís, Marcos Moura, ao quadro Bastidores do Bom Dia Mirante repercutiu, ontem, na Assembleia Legislativa. O deputado Duarte Júnior (PSB) usou o que disse o gestor e voltou a criticar a Prefeitura de São Luís devido problemas para o retorno das aulas na capital.

O assunto da entrevista do secretário Marcos Moura foi a retomadas das aulas presenciais na rede municipal de ensino. O gestor explicou que um plano ainda será implementado para a reestrutura física das escolas municipais. Plano este que será executado pela Secretaria Municipal de Obras (Semosp) e, por isso, não sabia precisar uma data certa para o retorno das aulas.

Devido a isto, Duarte Júnior criticou o secretário. Segundo ele, em nove meses de gestão, a Prefeitura de São Luís não conseguiu organizar um plano de retomada das aulas e vem prejudicando mais de 80 mil estudantes da rede municipal de ensino.

“De 260 escolas, apenas 13 estão prontas, exatamente isso. Vale lembrar que, no ano passado, em novembro, o prefeito [Edivaldo Holanda Júnior] disse que já estava pronto para a retomada das aulas diante do estado de pandemia que nós estamos vivendo. Mas o que nós estamos observando, na prática, é um total despreparo que gera às nossas crianças um prejuízo imensurável”, disse Duarte Júnior.

O parlamentar disse ainda que recebeu denúncias sobre a falta de previsão para a volta das aulas presenciais na rede pública municipal e repercutiu as informações obtidas em suas redes sociais, gerando uma série de outras denúncias por parte dos seus seguidores.

Sobre as aulas online, Marcos Moura, ainda durante a entrevista, garantiu que os alunos recebem material com atividades e que outros alunos estão com aulas híbridas (online e presencial). No entanto, o gestor não falou na garantia de internet para os alunos. Moura ressaltou, entretanto, que a Prefeitura de São Luís garante um auxílio de R$ 70 para os professores terem acesso à internet.

Sobre o assunto, o socialista afirmou que a Prefeitura deveria encontrar outros meios para garantir que os alunos que estão há quase dois anos fora da sala de aula tivessem acesso às aulas.

“Porque milhares de crianças, alunos e alunas da nossa cidade estão sofrendo. Por que a Prefeitura de São Luís não faz como o Governo do Estado? Contrata um espaço na TV para que os alunos da rede pública municipal possam ter aulas, existe a TV Educação mantida pelo Governo do Estado, para manter as aulas dos alunos matriculados na rede pública estadual. Por que a Prefeitura não contrata ao menos um canal da rádio para que esses alunos possam ter acesso à educação?”, afirmou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte