DOM | Aniversário

Educação Exponencial voltada para os desafios e vivências dos novos tempos

Há 63 anos, o colégio forma cidadãos éticos e futuros líderes, se mantendo atualizada em sua prática educacional
18/09/2021
Colégio Dom Bosco celebra seus 63 anos com qualidade e atualidade

São Luís - Uma cidade é, acima de tudo, feita por pessoas que nela habitam, ocupam e transformam espaços, lideram projetos e interagem socialmente. E, além da população, há os líderes e profissionais, que quanto mais preparados e bem-educados forem, melhores decisões e soluções oferecerão a ela, no caso a bela aniversariante, São Luís, que chega aos seus 409 anos com tantos desafios sociais, ambientais e econômicos.

Ao completar 63 anos de existência, e com um grande legado em prol da educação dos ludovicenses, o Colégio Dom Bosco não poderia estar mais atual em sua prática educacional.

Em sua nova fase de escola exponencial, o Dom Bosco tem como destaques a adoção de Metodologias Ativas; uma nova e moderna sede que oferece uma experiência imersiva, acolhedora e estimulante e que vai desde o projeto arquitetônico premiado internacionalmente ao mobiliário moderno e à infraestrutura do Laboratório Maker, onde os alunos são mais que protagonistas do processo de construção de conhecimento. Eles são designers do conhecimento, prototipando soluções inéditas para solucionar problemas coletivos de uma sociedade marcada por tempos tão desafiadores como os atuais. Com arquitetura inteligente e sustentável, cada espaço é um ambiente ativo que convida à experimentação e promove a aprendizagem; espaços esses e que estão voltando a ser ocupados com o retorno das aulas presenciais.

Mas nem mesmo a pandemia da Covid-19 interrompeu esse projeto pedagógico, que já estava apto a responder a grandes desafios com rapidez, qualidade e tendo a tecnologia de ponta como base uma nova realidade, a do ensino híbrido, que dominou o mundo desde o início da pandemia em 2020.

Para o Dom Bosco, que já fazia uso da tecnologia educacional em sala de aula bem antes disso, migrar para um ensino remoto e depois para o híbrido foi desafiador, mas com a certeza de que alunos e professores continuavam engajados e com a mesma missão de antes – construir conhecimento de qualidade.

Na escola que prima pelo rigor e pela excelência pedagógica, novas disciplinas como o Empreendedorismo, foram incorporadas ao currículo desde 2019; e tendo um referencial teórico disruptivo e moderno, construído a partir das melhores práticas mundiais.

A formação contínua do corpo docente é outro grande diferencial que fez e faz a diferença também nos novos modelos impostos pela pandemia. Vale lembra que bem antes de investir no moderno prédio da nova sede, o Dom Bosco priorizou a capacitação de alto nível de todo o seu corpo docente. Foi criado, de forma customizada e exclusiva, um programa de pós-graduação de alto nível elaborado pela UNDB, e especialmente voltado para os professores do Dom Bosco com ênfase em Metodologias Ativas.

Hoje, São Luís pode se orgulhar de ter uma escola cujo modelo não fica nada a dever às melhores práticas educacionais adotadas em países como Finlândia, Cingapura, Estados Unidos e China mas com sotaque e DNA maranhenses. Assim é o Colégio Dom Bosco, uma escola adaptada às demandas atuais para formar líderes que vão construir o futuro.

Com gestão compartilhada pelos visionários diretores Raíssa Murad, Isabella Caracas, Evandro Rodrigues Costa e Rebeca Murad, o Colégio Dom Bosco continua crescendo e se reinventando nessa terceira geração de uma família de educadores dedicados a formar os melhores cidadãos, os mais competentes profissionais e acima de tudo, os mais solidários seres humanos. Essa é a essência do Colégio Dom Bosco, cuja fundadora é a prof. Maria Izabel Pereira Rodrigues, uma educadora que segue inspirando suas filhas e netos na condução de uma escola tão viva e necessária para a São Luís de 409 anos.

E que teve como companheiro de sonhos outro brilhante educador, além de um visionário - seu marido, o odontólogo e professor universitário Luiz Pinho Rodrigues, que também atuou como diretor do Dom Bosco por vários anos até o seu falecimento precoce. Nesse ano de seu centenário de vida, o professor Luiz como era chamado, será homenageado com uma exposição que vai revelar às novas gerações como viveu, pensou, trabalhou e revolucionou várias áreas como a odontologia, a educação e o esporte amador, entre outras contribuições coletivas que deixou como legado.

O maior presente que os pais podem dar aos filhos é a educação. E o maior presente que uma escola pode dar a uma cidade é a formação de cidadãos exemplares, éticos, humanos e comprometidos em desenvolver sua comunidade. Esse é o presente dessa escola exponencial a sua querida cidade São Luís.

A construção do conhecimento, tendo o aluno como protagonista e com uso de metodologias ativas é a base da escola exponencial que é o Colégio Dom Bosco

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte