Alternativo | Reencontro nas salas de cinema

44º Festival Guarnicê de Cinema começa nesta sexta-feira (17) de forma híbrida

Democratizando o acesso ao cinema e reencontrando o público nas salas de exposição, o Festival traz programação disponível tanto de forma virtual quanto presencial
Bárbara Lauria / Equipe O Estado17/09/2021
44º Festival Guarnicê de Cinema começa nesta  sexta-feira (17) de forma híbridaFilme “Homem da Capa Preta”, de Sergio Rezende, será homenageado no Festival (Reprodução)

São Luís – Começa nesta sexta-feira, 17, mais uma edição do Festival Guarnicê de Cinema, contudo, diferente dos últimos 43 festivais, a edição de 2021 vai trazer um novo formato, que garante a democratização e o acesso à arte. Em formato híbrida, a programação vai ocorrer de forma presencial nas casas culturais do Maranhão, e também estará disponível online.

Tanto a pró-reitora Zefinha Bentivi, quanto a coordenadora do festival, Rosélis Barbosa Câmara, tem utilizado a palavra ''reencontro'' para definir a volta do Guarnicê aos teatros.
“Estamos muito felizes com o retorno aos espaços culturais de São Luís, que há 44 anos recebem o festival. E mais felizes ainda com a volta do público, permitida pelo avanço da vacinação. Sem falar que a sensação de assistir aos filmes nas telonas é incomparável. Mas a programação virtual é imprescindível. Principalmente porque democratiza, possibilita o acesso de um número muito maior de espectadores”, destaca a coordenadora.

A abertura do evento acontece às 19h desta sexta-feira, no Teatro Arthur Azevedo, localizado na Rua do Sol, em São Luís, e será conduzida pela atriz Layla Calixto e pelo cineasta Fernando Braga. O evento inicia com a estreia nacional de ‘’O Jardim Secreto de Mariana’’, filme protagonizado por Andreia Horta e Gustavo Vaz e dirigido por Sergio Rezende. O diretor carioca, realizador de clássicos como ‘’Salve Geral’’ e ‘’O Homem da Capa Preta’’, será o homenageado nacional do Guarnicê.

A cerimônia também será transmitida na TV UFMA (canal 16.1) e no Youtube, Instagram e site do festival. Para o presencial, os ingressos podem ser retirados na sexta-feira, na bilheteria do Arthur Azevedo, entre 13 e 18h. O público deve chegar ao teatro com antecedência. Não será permitida a entrada após às 19h. Toda a programação do Guarnicê é gratuita. Por conta da pandemia, a lotação do teatro está reduzida. O uso de máscara no evento é obrigatório.

Homenagens locais

A cerimônia de abertura do festival contará ainda com homenagens a Cleide Carneiro e Sandra Pinheiro, funcionárias da Diretoria de Assuntos Culturais (DAC) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) que contribuíram com a produção de pelo menos 20 edições do Guarnicê.

O Museu da Memória Audiovisual do Maranhão (MAVAM) também será homenageado. A instituição ligada a Fundação Nagib Haickel é reconhecida como um instrumento de preservação e projeção das manifestações artísticas maranhenses.

Aplicativo

Outra opção para acompanhar o Festival é através do APP “Cine Guarnicê”, criado em 2020 devido a pandemia da Covid-19. Após atualização, o aplicativo vai disponibilizar as produções exibidas no Festival e possibilitar a votação de Juri Popular. Em 2020, 0% dos 14 mil espectadores do festival assistiram os filmes pelo app.

Programação

17 a 23/09 - Mostras Paralelas: Homenagem a Sergio Rezende, Cinema Não Tem Idade, Cenário BR, Cenário MA, Guarnicêzinho, Jovem, Amazônia Legal, Etnografia, Olhares Sobre a Pandemia;

18 a 24/09 - Mostras Competitivas: Os filmes das sessões presenciais exibidas diariamente, estarão disponiveis a partir das 17h30, na plataforma guarnice.ufma.br, até às 18h do dia seguinte. Para as mostras competitivas que possuem júri popular, os filmes estarão com votação aberta na plataforma e no aplicativo Cine Guarnicê das 17h30 até às 12h do dia seguinte à exibição;

18 a 23/09 - Mostras Competitivas Maranhenses de Jogos Digitais: A votação do júri popular ficará aberta de 17h do dia 18/09 até 00h do dia 23/09 (quinta).

Toda a programação estará disponíveis gratuitamente na Plataforma Guarnicê – guarnice.ufma.br., que contará com plataforma de streaming de exibição de filmes. Todas as obras serão abrigadas em servidores seguros, evitando pirataria e downloads ilegais. A votação do júri popular também ocorre no site guarnice.ufma.br.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte