Cidades | Projeto São Luís IV

Equatorial Maranhão inaugura conjunto de obras na Vila Maranhão

Nova subestação e redes de distribuição devem fortalecer o sistema elétrico da Grande São Luís
14/09/2021 às 15h29
Equatorial Maranhão inaugura conjunto de obras na Vila MaranhãoNova e Moderna Subestação da Vila Maranhão (Divulgação/Gilson Ferreira)

São Luís - Visando o desenvolvimento futuro da cidade de São Luís, a Equatorial Maranhão inaugurou, a nova Subestação Vila Maranhão. A obra, que integra o Projeto São Luís IV, é resultado do contínuo investimento em processos inovadores e de integração que possibilitam o fortalecimento e expansão do sistema elétrico em todo o Estado.

Devido à sua posição geográfica favorável à importação e exportação de insumos, a capital recebeu cerca de 30 milhões de reais em investimentos voltados à expansão do sistema elétrico que atende a zona portaria e o distrito industrial do município. Em adição à nova subestação na Vila Maranhão, o Projeto São Luís IV ainda inclui outras seis novas redes de distribuição, que irão beneficiar, além dos eixos portuário e industrial, cerca de 47.542 unidades consumidoras residências e comerciais.

Totalmente automatizada e conectada pelas novas linhas de distribuição, a subestação passa a atender em 69 KV (quilovolt) e com maior estabilidade empresas de grande porte instaladas na zona industrial de São Luís como Ambev, Votorantim, Cimentos do Maranhão, Total Ferro, Coca-Cola, dentre outros mercados prospectados, como o novo terminal portuário de São Luís e futuras expansões do Porto do Itaqui (EMAP).

A implantação da nova subestação garante maior flexibilidade e interação entre as redes de distribuição, pois os novos alimentadores desta subestação estão integrados ao sistema de Self-Healing (Recomposição Automática), permitindo a realização de manobras na rede elétrica de São Luís sem a necessidade de intervenção humana. Este sistema é um dos primeiros a ser implantado no Brasil e faz parte do investimento da Companhia em Redes Elétricas Inteligentes (Smart Grids).

Além disso, a nova subestação é totalmente digitalizada, o que permite a supervisão de controle remoto através do COI - Centro de Operações Integradas da Equatorial Maranhão, agilizando ações reparadoras e de redirecionamento em casos de falta de energia, por exemplo.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte