Geral | Mandado

Seic prende empresário em flagrante por furto de aparelhos de transmissão de internet

Equipamentos apreendidos foram apresentados aos representantes das operadoras, que prontamente os reconheceram como seus
Daniel Matos10/09/2021 às 18h15
Seic prende empresário em flagrante por furto de aparelhos de transmissão de internetA polícia recuperou roteadores Wi-Fi, cabos de fibra óptica e cobre, baterias estacionarias de gel (Divulgação)

A Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais e da Departamento de Defesa de Serviços Delegados (SEIC/DDSD), deu cumprimento, na manhã de hoje (10), a Mandado de busca e apreensão em uma empresa provedora de sinal de internet, denominada "ARAÇAGI NET TELECOM", de propriedade de D. R. S.

A Ordem judicial de busca se deu em razão de investigação em torno de reiterados furtos de equipamentos de transmissão de Internet de diversos provedores, dentre os quais TVN, OI, VIVO, dentre outros.

As Investigações levaram a fundadas suspeitas de que funcionários da ARAÇAGI NET TELECOM, a Luz do dia, estariam subindo na rede de posteamento e subtraindo equipamentos de TELECOM, como CAIXAS OLT's, roteadores Wi-Fi, cabos de fibra óptica e cobre, baterias estacionarias de gel, etc., tudo de propriedade dos provedores concorrentes.

Quando do cumprimento da ordem de busca, proprietário na posse de diversos equipamentos de TELECOM, alguns ainda com a logomarca, a exemplo de Roteadores Wi-Fi e Cabos de fibra da Empresa OI e ONU (Unidades Óptica de Rede) da Empresa TVN.

Em todos os cômodos e nos veículos da Empresa ARAÇAGI NET TELECOM foram apreendidos equipamentos furtados e/ou receptados. Na oportunidade o Proprietário D.R.S., não apresentou a procedência lícita dos equipamentos, justificando que alguns dos equipamentos havia adquirido através de sites de venda.

Os diversos equipamentos apreendidos foram apresentados aos representantes da da OI, TVN e VIVO que prontamente reconheceram como sendo de propriedade de suas empresas de TELECOM.

Ao final das buscas e apreensões foi dada voz de prisão em flagrante delito, por crime de receptação majorada, em desfavor do proprietário da ARAÇAGI NET TELECOM e após a lavratura do auto de prisão em flagrante, foi D.R.S. recolhido à Penitenciaria de Pedrinhas, onde deverá permanecer preso a disposição do juízo criminal.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte