Especial | Curiosidades

Influências de Bocage na literatura brasileira *

Fernando Braga/ Especial para O Estado08/09/2021

Diz-nos à Doutora Elza Paxeco, no seu belo ensaio ‘Alguns aspectos da Poesia de Bocage’, publicado pela Revista da Faculdade de Letras, da Universidade de Lisboa, Tomo V, nºs 1 e 2, Lisboa, 1938, “que Olavo Bilac, o príncipe dos poetas parnasianos do Brasil, numa conferência de 1917, emite uma opinião, já estabelecida há cerca de meio século pelos Castilhos, exaltando em Bocage o máximo cinzelador da métrica portuguesa”, a descrever-lhe os métodos artísticos em sua habituada felicidade.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte