Esporte | Clássico

Brasil e Argentina fazem clássico pelas eliminatórias da Copa

O confronto será o primeiro entre os dois grandes rivais do continente desde a final da Copa América; na ocasião, os hermanos venceram o Brasil por 1 x 0 no Maracanã, no Rio de Janeiro
04/09/2021
Brasil e Argentina  fazem clássico pelas eliminatórias da Copa Everton Ribeiro comemora o gol da vitória sobre o Chile por 1 x 0 (Lucas Figueiredo/CBF)

São Paulo - O Brasil volta a campo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo neste domingo. A Seleção terá pela frente a Argentina, às 16h (de Brasília), Na Arena Neo Química, em São Paulo. O confronto será o primeiro entre os dois grandes rivais do continente desde a final da Copa América. Na ocasião, os hermanos venceram o Brasil por 1 x 0 no Maracanã e acabaram com o jejum de títulos que vinha desde 1993.

Brasil e Argentina lideram as Eliminatórias, mas o Brasil aparece no topo da tabela com certa folga. A equipe canarinho tem 100% de aproveitamento em sete jogos e, portanto, soma 21 pontos. Embora ainda esteja invicta, a Argentina tem apenas quatro vitórias e três empates e está seis pontos atrás.

Para esta partida, Tite terá que mudar a escalação. Isso porque o zagueiro Marquinhos está suspenso após receber o cartão amarelo na vitória sobre o Chile, na quinta-feira. Lucas Veríssimo e Miranda disputam a posição.

Sem poder contar com jogadores que atuam no futebol inglês, alguns deles titulares, o comandante admitiu que a Seleção sofreu com as mudanças diante do Chile. O Brasil venceu por 1 x 0, mas não apresentou uma atuação convincente.

“Faltou um pouquinho mais de entrosamento, numa equipe que mal se ajustou, que nunca jogou junto, no primeiro e no segundo tempo. O que há é um desafio muito grande de coordenação de movimentos, links, de 11 jogadores que nunca jogaram juntos se ajustarem”, disse o treinador.
O Brasil segue 100% nas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. O feito, aliás, é um recorde histórico da Amarelinha que tem sete jogos de invencibilidade na qualificatória sul-americana.

O último triunfo veio dos pés de Everton Ribeiro, que aos 13 minutos do segundo tempo marcou o único gol da partida na vitória por 1 x 0 sobre o Chile. “Fiquei muito contente por poder fazer mais um gol com a camisa da Seleção em um jogo difícil.”, avaliou o jogador do Flamengo (RJ).

“Acho que sim, foi a minha atuação mais decisiva pela Seleção Brasileira. Poder fazer o gol da vitória acho que fica marcado, mas espero continuar fazendo bons jogos. O mais importante é que a gente consiga vencer independentemente de quem faça gol, poder estar consistente e equilibrado e vencer as partidas”, pontuou o meia.

Perguntado sobre as oportunidades dadas pela comissão técnica, Everton Ribeiro aproveitou para elogiar o elenco de qualidade da Seleção Brasileira. O meia também reforçou a confiança no grupo para o duelo diante da Argentina, valido pela oitava rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo 2022.

“O Tite vai ver o que é melhor pra equipe, temos grandes jogadores e um elenco muito grande, quem entra tem dado conta, falamos isso antes do jogo. Está todo mundo preparado e vamos nos preparar mais ainda para fazer um grande jogo em casa”, descreveu.

Desde que retornou ao futebol brasileiro, em 2017, Everton nunca escondeu que o objetivo de atuar em solo nacional era estar próximo da Seleção Brasileira. Com o claro objetivo de disputar a Copa do Mundo FIFA Qatar 2022, o meia prefere não fazer planos. Ao invés disso, reforça os meios que podem colocá-lo no páreo por uma vaga no elenco.

“O objetivo é conquistar uma vaga na Copa, mas está muito longe ainda, é passo a passo. Temos que pensar agora na Argentina. Tem muita água para rolar e o que eu posso fazer com os meus companheiros é dar o melhor a cada jogo e treino, mostrar que tenho capacidade e mereço estar aqui”, comentou.

Do outro lado, a Argentina está motivada desde o título da Copa América. Os hermanos passaram sem dificuldades pela Venezuela fora de casa, por 3 x 1, e seguem na vice-liderança das Eliminatórias.

Os visitantes apostam mais uma vez que Messi vai levar a Argentina ao triunfo sobre o Brasil, na casa do adversário. Mas os comandados de Lionel Scaloni irão a campo sob ameaça de perder a posição na tabela em caso de derrota. Isso porque o terceiro colocado Equador, com nove pontos, receberá o Chile, também no domingo.

FICHA TÉCNICA

BRASIL X ARGENTINA

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Data: Domingo, 5 de setembro de 2021

Hora: 16h (de Brasília)

Árbitro: Jesus Valenzuela (VEN)

Assistentes: Tulio Moreno (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)

VAR: Jhon Ospina (COL)

BRASIL: Weverton, Danilo, Éder Militão, Miranda (Lucas Veríssimo) e Alex Sandro; Casemiro, Bruno Guimarães e Lucas Paquetá; Neymar, Vinícius Júnior e Gabigol

Técnico: Tite

ARGENTINA: Emiliano Martínez, Molina, Pezzella, Otamendi e Acuña; De Paul, Guido Rodríguez, Lo Celso e Dí María; Messi e Lautaro Martínez

Técnico: Lionel Scaloni

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte