Cidades | Meio Ambiente

Língua Negra: fenômeno ocorre com recorrência em alguns pontos de SL

Desta vez, vídeo mostrou muito esgoto despejado no mar, e viralizou nas redes; segundo especialista, problema não é pontual
Kethlen Mata/ O Estado17/08/2021
Língua Negra: fenômeno ocorre com recorrência em alguns pontos de SLGrande quantidade de esgoto in natura foi descartado na foz do Rio Pimenta no último sábado (Matheus Soares / O Estado)

São Luís - Imagens de um vídeo que circulou nas redes sociais no último sábado (14), mostram o momento em que um trecho da praia do Olho d’Água é invadida por um volume muito grande de esgoto. A cena surpreendeu até mesmo quem já está acostumado com o descarte de esgoto na área – que é comum no local e o vídeo foi um dos assuntos mais comentados durante o fim de semana em São Luís.

Não é novidade que São Luís possui problemas com esgoto em praias, mas as imagens sempre conseguem surpreender. O vídeo é tão espantoso que chegou a ser questionada sua veracidade, no entanto, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) confirmou que a gravação é verídica. “A Companhia esclarece que as imagens que circulam na internet mostram uma situação ocorrida na Foz do Rio Pimenta que, após uma forte chuva, resultou na condução de matéria orgânica que se decompõe nos rios e de esgoto lançado de forma clandestina em galerias de água pluvial”, afirmou o órgão, em nota enviada para O Estado, nesta segunda-feira, 16.

Ainda na nota, a Caema salientou que as 73 Estações Elevatórias de Esgoto (EEE) e as 13 Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) operam com normalidade, e que tem mantido ações com os órgãos de fiscalização a fim de coibir tal prática [depósito clandestino de dejetos no rio].

Do outro lado
Do outro lado da história, em visita ao local das imagens, foi possível observar os estragos deixados pela força do esgoto, uma quantidade considerável de lixo e muitos galhos e de árvores. Um gari, que estava trabalhando na limpeza, disse que já está acostumado com essa situação e que até fraldas sujas já foram encontradas durante o serviço.

Um morador e comerciante que mora ao lado do Rio Pimenta, não quis se identificar, mas fez uma denúncia séria. Ele afirmou já ter visto funcionários da Caema despejando esgoto no leito do rio. “Tem uns dois, três carros que puxam de dentro do poço da Caema e jogam dentro do rio e volta o odor de novo, fica concentrado o esgoto”, frisou. O homem disse que ele e outros moradores já tentaram filmar a ação, mas as pessoas se escondem.

O problema dessa informação, é que os moradores também contribuem para o despejo de esgoto no leito do rio, mesmo que em menor proporção – se a denúncia for verídica –, pois moram ao lado. De qualquer forma, para quem vive na região o odor causado pelo esgoto é insuportável e afasta muitos clientes, além do perigo de doenças. “As crianças que ficam aí brincando pegam micose, minha filha teve corte na pele, ficou internada 15 dias, porque ficou com uma bactéria. Ela estava com um 'feridinha', pegou na água e pronto”, destacou o morador.

Língua Negra
O Estado
também procurou a opinião de um especialista no assunto, de acordo com Leonardo Soares, do Departamento de Oceanografia e Limnologia da UFMA, pode-se afirmar que o volume de esgotos “in natura” lançado na bacia do rio Pimenta, no último sábado, produziu de forma muito expressiva um fenômeno conhecido como língua negra.

“Infelizmente, esse foi mais um episódio que mostrou a ineficiência do sistema de saneamento de São Luís. Esse não é um problema pontual, temos vários pontos de lançamento de esgoto na cidade, basta visitar a Lagoa da Jansen ou o rio das Bicas. Também, os laudos de balneabilidade das praias, confirmam periodicamente o comprometimento destes ambientes. Com certeza foi esgoto in natura.”, explicou.

SAIBA MAIS

Tipos de esgoto

Esgoto doméstico: basicamente, todo o lixo que produzido utilizando água. Os desejos do vaso sanitário, da pia da cozinha, a água que escorre pelos ralos do chuveiro, das pias e demais ralos espalhados pela casa.

Esgotos industriais: provém dos processos industriais, águas de refrigeração e águas pluviais poluídas. As características do esgoto industrial variam conforme o ramo de atividade, tipo de matéria-prima empregada na produção e os processos industriais adotados pela companhia.

Esgoto pluvial: é aquele que coleta a água da chuva e é direcionado para as galerias pluviais, que são os sistemas de dutos subterrâneos destinados à captação e escoamento das águas pluviais coletadas pelas bocas coletoras ou sarjetas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte