Roda Viva | Opinião

Dos meus avós e da minha neta

Benedito Buzar31/07/2021

Eu já escrevi, bem ou mal, sobre tanta gente ao longo de minha vida jornalística, que perdi as contas.
No correr desta última semana de julho, o dia 26 foi dedicado merecidamente aos inesquecíveis vovós, oportunidade que me transportei para um passado, no qual os meus avós paternos, pela importância que tiveram na minha existência e pela privilegiada condição de ser o neto preferido, receber deles uma imensidão de afeto, carinho e apoio material, que nunca me faltaram enquanto vida tiveram.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte