Cidades | Observação

PGJ faz visita institucional ao Solar do Outono

Solar é mantido pelo governo estadual e abriga pessoas que não podem se cuidar, serem cuidados pela família e em situação de vulnerabilidade social, física e financeira
30/07/2021 às 15h34
PGJ faz visita institucional ao Solar do Outono. (Divulgação)

São Luís - O procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, fez uma visita ao Instituto de Longa Permanência para Idosos (ILPI) Solar do Outono, no bairro da Cohab, em São Luís, na manhã desta quinta-feira, 29. O objetivo foi conhecer o trabalho da instituição e a situação dos abrigados.

O titular da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Idoso, José Augusto Cutrim Gomes, e a promotora de justiça e chefe de gabinete da Procuradoria Geral de Justiça, Theresa Ribeiro de La Iglesia, igualmente participaram da visita. Todos foram recebidos pelo diretor Glecio Sandro Silva.

“A instituição atende aos idosos hipervulneráveis, principalmente os que são totalmente dependentes. O tratamento é o melhor possível e estamos felizes com o trabalho desenvolvido. É uma referência nacional”, afirmou Augusto Cutrim.

As instituições de longa permanência são destinadas à moradia coletiva de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, normalmente sem suporte familiar e em condições de dignidade e cidadania.

O Solar do Outono é mantido pelo governo estadual e abriga pessoas que não podem se cuidar, serem cuidados pela família e em situação de vulnerabilidade social, física e financeira. “São pessoas que já contribuíram muito para a sociedade, já tiveram uma vida ativa, constituíram família e por diversos motivos foram abandonados. Então eles vêm para cá e nós damos amor, afeto, carinho e cuidados. Temos uma equipe multidisciplinar que os atendem em suas necessidades”, explicou Glecio Silva.

O diretor enfatizou o diálogo constante com o MPMA para buscar soluções para os problemas da instituição e defesa dos idosos abrigados. “O Ministério Público é nosso grande referencial aqui no Maranhão. Muitos problemas que seriam judicializados são resolvidos no diálogo. O MP é um parceiro de todo dia”.

Ao final da visita, Eduardo Nicolau afirmou que vistoriar o Solar do Outono foi uma oportunidade de conhecer os idosos e os profissionais que trabalham no local. “O Solar foi reformado e estou vendo que aqui os velhinhos são muito bem tratados, pois precisam de cuidados específicos o dia inteiro e isso eles estão tendo”.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte