Editorial | Opinião

A nossa "Fadinha"

27/07/2021

Com um ano de atraso por causa da pandemia e forte rejeição popular dos japoneses, os Jogos Olímpicos, de Tóquio 2020 se tornaram o assunto do momento, conseguindo ofuscar o noticiário nacional sobre a Covid-19. E a mais destacada conquista foi proporcionada pela menina maranhense da cidade de Imperatriz, Rayssa Leal, 13 anos, que ficou com a segunda colocação – medalha de prata - na modalidade skate street. Um feito memorável. Ela levou o esporte brasileiro à loucura na madrugada de segunda-feira.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte