Política | Espaço Renascença

Governo do Estado vai fechar Hospital de Campanha no Renascença até o dia 31

A informação consta em ofício número 236/2021 do Departamento de Alta Complexidade da Secretaria de Estado da Saúde publicado pelo setor
Ronaldo Rocha da editoria de Política22/07/2021 às 08h05
Governo do Estado vai fechar Hospital de Campanha no Renascença até o dia 31Divulgação

SÃO LUÍS - O Governo do Estado vai desativar o Hospital de Referência de Covid de São Luís [Hospital de Campanha instalado no Espaço Renascença] até o dia 31 deste mês.

A informação consta em ofício número 236/2021 do Departamento de Alta Complexidade da Secretaria de Estado da Saúde, que é assinado por Hivena Maria Nogueira Lima, coordenadora do departamento e Carlos Vinícius Quadros Ribeiro, secretário adjunto de Assistência de Saúde da SES.

De acordo com o documento, a gestão de saúde estadual constatou nos últimos boletins “uma diminuição vertiginosa” dos casos de internação por Covid-19 na unidade, por isso a desativação.

“Após constatar-se por meio de boletins epidemiológicos (expostos em anexo para apreciação) que há uma diminuição vertiginosa de casos de internação por Covid no hospital supracitado, e que possuímos dentro da Grande Ilha unidades de saúde suficientes para atender a população maranhense que venha à procura de atendimento, vimos a necessidade inerente de cessar o presente contrato firmado e desmobilizar Hospital de Referencia de Covid de São Luís do Maranhão até o prazo máximo de 31 de julho de 2021”, destaca trecho do documento.

Parceria

O Governo do Estado inaugurou a unidade no dia 31 de março após a elevação de casos de Covid na Ilha e elevada taxa de ocupação de leitos nas redes público e privada da capital.

O hospital dispõe de 60 leitos de internação, sendo 10 UTIs.

O hospital foi montado por meio de uma parceria entre o Grupo Mateus, Equatorial Energia, Universidade Ceuma, Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) e Secretaria de Estado de Saúde (SES) e contou no início com cerca de 500 profissionais.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte