Esporte | Velocidade e aventura

Maranhenses embarcam para o Desafio da Serra dos Matões 2021

Cerca de 80 competidores do Maranhão vão participara da prova com distâncias em trail run (corrida de trilha) de 10km, 21km e 45km, na cidade de Pedro II, no Piauí
21/07/2021 às 20h42
Atleta Maria de Jesus vai correr os 21 km na prova

SÃO LUÍS - Nesta quinta-feira, 22, cerca de 80 atletas do Maranhão embarcam rumo à cidade de Pedro II, no Piauí, onde participarão no sábado, dia 24, do Desafio da Serra dos Matões 2021 – Gritador Ultra, que terá distâncias em trail run (corrida de trilha) de 10km, 21km e 45km.

A prova faz parte do calendário da Associação Brasileira de Corrida em Trilhas e os vencedores gerais dos 45k dos gêneros masculino e feminino garantem vaga na final da Super Copa Trail, que acontece em dezembro, em Minas Gerais.

Entre os nomes do Maranhão de destaque na modalidade estão José Gomes da Silva, conhecido como Mestre da Silva, que é treinador e atleta diversas vezes campeão de provas do tipo pelo Brasil. É ele, inclusive, o responsável pelo treinamento da maioria dos atletas de São Luís que competem nas provas de trilha. Só o grupo dele, o Team da Silva, está levando para essa prova de Matões mais de 40 atletas, distribuídos nas 3 distâncias.

Outro nome maranhense é do atleta Nonato Mota, professor do CTP3 e do grupo Amigos da Corrida, treinado por Sidney Togumi (da equipe brasileira de trail run) e Cristiano Fetter (assessoria Upfitrail). Nonato é o atual campeão dos 21km do Desafio Serra dos Matões, realizado pela última vez em 2019 por conta da pandemia.

De São Luís também se destacam os atletas Marquezan Araújo (45K), Renato Cruz (45k), Cléo Dantas (45k), Gabi Furtado (45k), Afonso Góes (21k), Alex Tinoco (21k) e Maria de Jesus (21k), que já têm vários pódios em trail run acumulados.

Nonato Mota, professor do CTP3 e do grupo Amigos da Corrida, é o atual campeão dos 21 km

A prova do Desafio Serra dos Matões é de alto grau técnico devido aos terrenos e vegetações variáveis, com nascentes e cachoeiras - tendo locais em que só é possível passar escalando, e as altimetrias das distâncias são: 10k (971 metros), dos 21k (1.608 metros) e dos 45k (3.039 metros).

Devido à covid-19, os atletas só competirão após testarem para a doença no dia anterior à prova e devem obrigatoriamente portar máscaras, álcool em gel, kit de primeiros socorros, hidratação e alimentação própria, para que evitem desconfortos durante a corrida na trilha.

As largadas estão programadas para as 10h (45km), 14h (21km) e 14h30 (10km), com tempos limites de duração para cada uma.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte