Cidades | Ritos fúnebres

Igrejas percebem queda na demanda por missas de 7º dia

Com o processo de vacinação acelerado na capital e a queda do número de óbitos por Covid-19, celebrações fúnebres estão sendo realizadas com menor frequência
Evandro Júnior / O Estado21/07/2021 às 00h00

São Luís - Com a redução do número de óbitos por Covid-19, as igrejas de São Luís começam a perceber uma queda em relação às missas de Sétimo Dia e demais ritos fúnebres. O cenário vem sendo observado há dois meses, prova de que o processo de vacinação tem dado resultados positivos. Ontem, o padre Roney Rocha, pároco da Catedral Metropolitana de São Luís, contou que as listas de falecidos, lidas durante as missas de Sétimo Dia, realizadas na Igreja da Sé, tiveram uma redução significativa.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte