Política | Calendário escolar

Governadores debatem com Queiroga antecipação de doses e retomada de aulas

Um dos principais pontos é a possibilidade de antecipação da aplicação de segundas doses das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca.
13/07/2021 às 08h55
Governadores debatem com Queiroga antecipação de doses e retomada de aulasPaulo Soares / O Estado

BRASÍLIA - Governadores brasileiros reúnem-se com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta terça-feira, 13, a partir das 9h, para tratar de pontos relacionados ao combate à Covid-19 no país.

Um dos principais pontos é a possibilidade de antecipação da aplicação de segundas doses das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca.

Atualmente, o Brasil adota como protocolo um intervalo de 90 dias entre a primeira e a segunda doses desses imunizastes - embora em vários países a segunda dose seja aplicada apenas 21 dias após a primeira.

Alguns estados já anunciaram que adotarão esse novo protocolo. Os governadores querem unificar os procedimentos.

Aulas - Os gestores estaduais também debaterão um plano de retomada das aulas, principalmente após anúncios de vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos.

Professores já foram vacinados em grupos prioritários em vários estados.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), representará os colegas presencialmente no encontro. O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), participará por videoconferência, assim como os demais.

Veja os pontos do encontro:

1 - Cronograma de entrega de vacinas do Ministério da Saúde, levando em conta maximizar entrega entre julho/ agosto/ setembro/ outubro. Garantir Brasil como Baixo Risco Covid com toda demanda vacinada com no mínimo 1ª dose, acima de 16/18 anos.

2 - Estratégia para vacinação do público abaixo de 18 anos com comorbidades.

3- Calendário / protocolo com eixos Nacional para retorno às aulas a partir de agosto/21 (MEC/ CONSED/ CONSEM e Observatório Nacional da Educação/ Comitê Científico).

4 - Antecipação da segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer;

5 - Sputnik V- uso em cada Estado que compra e monitora nas regras do PNI, e convênio Estados e Ministério da Saúde.

6 - Rede Nacional de tratamento Pós-covid 19 - Sequelados(as).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte