Política | Adiamento

Felipe Camarão adia filiação no PT após morte de ex-presidente da sigla

Secretário de Estado de Educação informou que vai agendar nova data para ingresso à legenda do ex-presidente Lula
Ronaldo Rocha da editoria de Política13/07/2021 às 09h17
Felipe Camarão adia filiação no PT após morte de ex-presidente da siglaArquivo

SÃO LUÍS - O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, anunciou há pouco o adiamento da cerimônia de filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Ele ingressaria hoje ao partido do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, mas em decorrência da morte de um ex-dirigente do partido na cidade de Timon, ele optou pelo adiamento do ato.

Na ocasião do comunicado, Camarão afirmou que a sua filiação ao partido ocorrerá posteriormente, em momento oportuno.

“Acabo de ser comunicado sobre o falecimento de Francisco Falcão, ex-presidente do PT em Timon e atual secretário municipal de Habitação. Em virtude disso e em respeito à sua memória, informo que meu ato de filiação ao partido, previsto para ser concretizado nesta terça-feira, dia 13 de julho, será adiado e informo posteriormente, em momento oportuno”, disse o secretário.

Camarão se solidarizou à família de Francisco Falcão e lembrou que na semana passada esteve ao lado do petista, na cidade de Timon.

“Rogo a Deus que o receba em sua morada eterna e conforte familiares, amigos e companheiros de luta em defesa de uma sociedade mais justa e igualitária”, finalizou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte