Política | CPI dos Combustíveis

Pacovan será ouvido nesta semana na Assembleia

Empresário é apontado como sócio oculto do Posto Joyce e foi convocado depois de a proprietária no papel, Rafaely Carvalho, afirmar à comissão que não possuía qualquer controle sobre o posto de combustível
Gilberto Léda/ da Editoria de Política05/07/2021 às 07h35
Pacovan será ouvido nesta semana na Assembleia CPI dos Combustíveis convocou agiota após declaração de laranja sobre propriedade do posto Joyce (Agência Assembleia)

A CPI dos Combustíveis ouvirá na terça-feira, 6, o empresário Josival Cavalcante da Silva, o Pavocan, para depor na CPI dos Combustíveis. Ele é apontado como sócio oculto do Posto Joyce II e foi convocado depois de a proprietária no papel, Rafaely Carvalho, afirmar à comissão, na semana passada, que não possuía qualquer controle sobre o posto de combustível.

Pacovan também alvo de ações judiciais por agiotagem e lavagem de dinheiro, mas será ouvido apenas a respeito de movimentações consideradas suspeitas pelo presidente da CPI, deputado Duarte Júnior (PSB).

Segundo o empresário, no entanto, a CPI mudou o rumo das investigações e passou a focar apenas nele após não conseguir atingir o objetivo de sua instauração, que é a redução no preço dos combustíveis cobrado ao consumidor nas bombas dos postos e suposta formação de cartel.

Também nesta terça os integrantes da comissão analisarão um requerimento do deputado Wellington do Curso (PSDB) para convocação do secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro.

Ele já foi convidado uma vez para ser ouvido, mas acabou mandando um auditor da Fazenda Estadual em seu lugar.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte