Economia | Negócios locais

Eneva presidirá Conselho Gestor de Desenvolvimento de Fornecedores do MA

O Programa Desenvolvimento de Fornecedores do Maranhão (PDF) existe há 21 anos
03/07/2021 às 17h45
Eneva presidirá Conselho Gestor de Desenvolvimento de Fornecedores do MAReunião do Conselho Gestor do programa em 2021, realizado de forma virtual (Divulgação)

Maior operadora privada de gás natural do país, a Eneva ocupará a presidência do Conselho Gestor de Desenvolvimento de Fornecedores do Maranhão pelos próximos 12 meses. Pela primeira vez nessa posição, a companhia trabalhará no aprimoramento de estratégias de desenvolvimento de fornecedores do estado por meio do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores do Maranhão (PDF-MA), que já estimulou a geração de mais de R$ 32 bilhões em negócios locais.

“O PDF tem um papel muito importante na movimentação econômica do Maranhão e no desenvolvimento da cadeia de fornecedores locais, com impacto positivo na criação de emprego e renda no estado. Na presidência do conselho, a Eneva terá maior espaço para aprimorar as estratégias de desenvolvimento de fornecedores do estado, além de ter assento em debates importantes sobre o desenvolvimento econômico e social junto a órgãos de governo e sociedade civil nesse momento de retomada da economia”, destaca a coordenadora de Estados e Territórios da companhia e nova presidente do conselho, Aline Louise.

Figurando entre as maiores empresas em atuação no Maranhão, a Eneva possui campos de exploração de gás natural e termelétricas no estado e atua como mantenedora do programa de desenvolvimento dos fornecedores há 10 anos, possuindo assento no conselho ao lado de empresas como a Alumar, Vale e Coca-Cola.

O PDF, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), em parceria com o governo do Estado, busca há 21 anos a valorização dos fornecedores locais, atuando na assessoria aos negócios, consultoria, capacitação e certificação das mais de 2.700 empresas cadastradas no programa.

O presidente da Fiema, Edilson Baldez das Neves destacou que o momento é de parabenizar a ação do Programa que se adaptou muito bem a esse novo cenário ocasionado pela pandemia e que já pensa em ampliar a atuação do programa.

“O resultado do PDF tem sido magnífico mesmo com esse novo modo de trabalho que tivemos que nos adaptar. Estamos nos organizando para em breve apresentar ao Conselho uma proposta de ampliação do PDF não só para as indústrias, mas para outras cadeias produtivas desenvolvendo o Estado como um todo. E nesse contexto, o nosso PDF tem papel fundamental por agregar todas as empresas de diversos portes”, finalizou Baldez, ressaltando o papel da Vale e da então presidente do Conselho Gestor, Giselly Pinto (Vale) no comando do PDF.

A presidente do Conselho Gestor, Giselly Pinto (Vale), agradeceu o apoio no comando do PDF. “Minhas palavras são de gratidão. A pandemia de fato marcou a nossa gestão. Mas conseguimos ampliar o número de empresas apoiadoras desse programa que é fundamental para o desenvolvimento industrial do Maranhão. Agradeço o apoio de todos e desejo sucesso à nova presidente do conselho gestor”.

Sobre a Eneva

A Eneva é maior operadora privada de gás natural do Brasil e uma empresa integrada de energia, que atua da exploração e produção (E&P) do gás natural até o fornecimento de soluções de energia. A companhia possui ativos de E&P nos estados do Amazonas e Maranhão. Atualmente, opera 10 campos de gás natural nas Bacias do Parnaíba (MA) e Amazonas (AM). Adicionalmente, possui nestas regiões uma área total sob concessão superior a 60 mil km².

Com um parque de geração termelétrica com 2,8 GW de capacidade instalada, a Eneva produz energia segura e competitiva para o sistema elétrico brasileiro. Seus ativos de geração estão localizados nos estados do Maranhão (Complexo Parnaíba e Itaqui), Ceará (Pecém II) e Roraima (Jaguatirica II). Pioneira por natureza, a Eneva desenvolveu um modelo de negócio inédito no Brasil: o Reservoir-to-Wire (R2W), que consiste na geração térmica integrada aos campos produtores de gás natural.

Com isso, a companhia desempenha um papel importante na transição da matriz energética brasileira, oferecendo energia a partir de um combustível flexível, mais limpo, econômico e eficiente. Listada no Novo Mercado da B3 (Bolsa de Valores brasileira) desde 2007, a empresa integra o Ibovespa, entre outros índices da Bolsa. A Eneva visa continuar crescendo de forma responsável, oferecendo soluções de energia confiáveis e acessíveis para a sociedade.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte