Polícia | Milícia carioca

Presos milicianos cariocas durante operação Guilhotina na capital

Os detidos são acusados de cometer um homicídio, na Litorânea e teve como vítima o goiano Bruno Nazon, que segundo a polícia, envolvido com jogo clandestino
18/06/2021

Maranhão - Dois ex-integrantes da Polícia Militar do Rio de Janeiro, denominados de milicianos e com atuação na Baixada Maranhense, foram presos ontem durante a operação Guilhotina, que foi deflagrada na Grande Ilha pela equipe da Superintendência Estadual de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP). De acordo com polícia, eles são suspeitos de terem assassinado a tiros o goaiano Bruno Vinícius Nazon Moraes Borges, de 32, ocorrido na Litorânea, no dia 2 de fevereiro deste ano. A vítima tinha envolvimento com o crime e estava em conflito com os milicianos cariocas.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte