Política | Atrito

Flávio Dino chama Bolsonaro de "criminoso" e critica quem minimiza pandemia

Dino se referiu ainda ao ruído de informações entre o chefe da República e o Tribunal de Contas acerca do documento que se refere à "supernotificação" de óbitos
Thiago Bastos / Da Editoria de Política09/06/2021 às 09h22
Flávio Dino chama Bolsonaro de "criminoso" e critica quem minimiza pandemiaGovernador voltou a atacar presidente (Reprodução)

SÃO LUÍS - O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), mais uma vez usou as redes sociais para criticar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). O comunista chamou o chefe da União de “criminoso”, ao citar que Bolsonaro se refere à pandemia da Covid como uma “gripezinha”.

Dino se referiu ainda ao ruído de informações entre o chefe da República e o Tribunal de Contas acerca do documento que se refere à “supernotificação” de óbitos para o recebimento de mais recursos públicos. “Inventar genericamente uma ‘supernotificação’ de óbitos por coronavírus agride os médicos que assinaram os respectivos atestados. E tenta minimizar a doença que já matou quase quinhentas mil pessoas”, escreveu Dino.

Segundo Dino, o episódio mais recente de Bolsonaro com o TCU é considerado grave. “Não é uma ‘gripezinha’ atacando o regime democrático. É uma gravíssima doença, que pode matar as instituições. O episódio da falsificação relativa ao Tribunal de Contas da União prova isso mais uma vez. Afinal, fake news não é piada nem ‘descuido’; é ato de bandidos”, afirmou Dino.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte