Geral | Pandemia

Apenas oito leitos de UTI desocupados para covid na rede estadual na Ilha

Boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES) também confirma que os novos casos de infecções e mortes pelo coronavírus continuam em patamar elevado
09/06/2021 às 20h05
Apenas oito leitos de UTI desocupados para covid na rede estadual na IlhaMais 1.330 pessoas foram contaminadas pelo coronavírus e outras 35 vieram a óbito (Divulgação)

São Luís – De 279 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede estadual, disponibilizados exclusivamente para pacientes com covid na Gramde Ilha, apenas oito estão livres. Isso significa uma taxa de ocupação de 97,13%. A taxa de ocupação de leitos de enfermaria também estão em patamar elevado, chegando a 94,17%.

Os últimos números da covid-19 no Maranhão, divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), na noite desta quarta-feira, 9, mostram que 1.704 pacientes com covid estão internados em hospitais públicos e privados no Maranhão, sendo 1.043 em leitos de enfermaria e 661 em leitos de UTI.

O boletim epidemiológico da SES também confirma que os novos casos de infecções e mortes por covid continuam alto no Maranhão. Mais 1.330 pessoas foram contaminadas pelo coronavírus e outras 35 vieram a óbito.

Dos 1.330 novos casos, 136 foram na Grande Ilha, 86 em Imperatriz e 1.108 nos demais municípios do estado. Desde o início da pandemia 297.678 pessoas já foram infectadas no Maranhão.

Com relação às 35 mortes, estas ocorreram nas cidades de Raposa (1), Pedreiras (1), Peri-Mirim (1), Rosário (1), Palmeirândia (1), Miranda do Norte (1), Buriti Bravo (1), Pinheiro (1), Santa Helena (1), Governador Newton Bello (1), Açailândia (2), Imperatriz (3), São José de Ribamar (4), Chapadinha (5) e São Luís (11).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte