Cidades | Saúde

Os públicos ainda reprimidos e os desafios do combate à AIDS

Por ora, pessoas jovens e os homossexuais ainda são públicos considerados frágeis à doença, ainda que com campanhas e disseminação de informações em redes sociais
Thiago Bastos / O Estado 05/06/2021 às 00h00

São Luís - Atualmente, a AIDS ainda é uma das preocupações mundiais, ainda que com a presença de outras enfermidades graves, como a do coronavírus que, neste momento, ainda assusta o mundo. Nas últimas quatro décadas, os métodos de controle da doença e as orientações preventivas – além da conscientização dos usuários, facilitaram o monitoramento dos perfis de públicos mais atingidos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte