Cidades | Impedimento

Estrangeiros proibidos de entrar via portos e aeroportos, determina Anvisa

Portos de São Luís recebe constantemente tripulantes estrangeiros e, segundo a APEM, até o último dia 1º havia 14 navios atracados e 57 fundeados na costa maranhense
Ismael Araújo / O Estado 02/06/2021

São Luís - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que a principal consequência da proibição temporária da entrada de estrangeiros no Brasil, por vias terrestre e marítima, é reduzir as chances de agravamento da pandemia por introdução de novas variantes da Covid-19. Com isso, foram intensificadas as ações de combate ao coronavírus nos portos e aeroportos de todo o país. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), em São Luís, houve o registro de seis casos da cepa indiana, sendo que os infectados são tripulantes do navio “MV Shandong Da Zhi”. A embarcação saiu da Índia e chegou ao litoral maranhense no dia 14 de maio deste ano.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte