Polícia | Criminalidade

Um feminicídio e quatro assassinatos no interior do Maranhão

Em Timon, uma adolescente, de 17 anos, foi morta pelo próprio companheiro; as outras mortes foram em São João Batista e Mirinzal
25/05/2021
Um feminicídio e quatro assassinatos no interior do MaranhãoMaria Aparecida da Silva, 17 anos, foi morta na cidade de Timon (Divulgação)

São Luís - Um caso de feminicídio e quatro assassinatos a tiros, durante o fim de semana, no interior do estado. Segundo a polícia, no último domingo, 23, a adolescente Maria Aparecida da Silva, de 17 anos, foi morta na cidade de Timon e tendo como principal suspeito o próprio companheiro, que faz parte de uma facção criminosa.

O caso está sendo investigado pela equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoas (DHPP) e até a tarde de ontem não tinha registro de prisão do suspeito. A polícia informou que a adolescente levou um tiro no pescoço e levada por populares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Timon, mas, morreu antes de ser submetida a tratamento cirúrgico.

Ainda segundo a polícia, o acusado e a vítima são suspeitos de integrar um grupo criminosa e agiam na cidade. Em fevereiro deste ano, a adolescente chegou a ser apreendida durante uma operação conjunta da DRH e da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico. Neste cerco policial, foram apreendidos armas de fogo, munições, um veículo e uma motocicleta proveniente de roubo.

Outras ocorrências

A polícia informou que durante a madrugada de segunda-feira, 24, dois faccionados, identificados como Bruno e Xixibaba, promoveram um tiroteio no bairro Paulo VI, em São João Batista que resultou na morte de Denilson Santos Souza, de 25 anos, como também ficaram feridos Igor Anderson Silva Santos, de 23 anos; e Will Serra, 26 anos.

Os acusados fugiram do local em uma motocicleta, mas, a polícia conseguiu prender outros dois envolvidos e levados para a delegacia dessa cidade. As incursões continuam na localidade e, segundo a polícia, os feridos continuam no hospital e não corre mais risco de morte.

Também no domingo, 23, Walisson Almeida da Rocha e Leonardo Barros Moraes, ambos de 23 anos, foram assassinados nas proximidades do cemitério da cidade de Arame e o crime foi cometido por dois homens, que estavam em uma motocicleta Biz. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e há informações que Walisson Almeida teria participado de um assassinato ocorrido nessa cidade. A vítima chegou a ser degolada.

No sábado, 22, foi morto o sargento da Polícia Militar, Silvamar Silva, na comunidade de Retiro, zona rural de Mirinzal, e, de acordo com a polícia, pelo soldado Holanda. A vítima levou dois tiros no peito e morreu no hospital dessa cidade, enquanto, o suspeito foi preso em flagrante e no decorrer desta semana encaminhado para o presídio militar, em São Luís.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte