Geral | Pandemia

De 36 novas mortes por covid, 13 foram em São Luís

O Maranhão contabiliza agora 7.403 pessoas que perderam a vida para o novo coronavírus, desde o início da pandemia em março do ano passado
04/05/2021 às 18h48
De 36 novas mortes por covid, 13 foram em São LuísSegundo dados da SES, mais 981 casos de Covid-19 foram confirmados (Divulgação)

São Luís – De 36 novas mortes decorrentes da Covid-19 no Maranhão, 13 foram em São Luís, conforme atesta boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado na noite desta terça-feira, 4.

Além de São Luís, (13 mortes), os óbitos foram registrados nas cidades de Alcântara (1), Bernardo do Mearim (1), Divinópolis (1), Grajaú (1), Itinga do Maranhão (1), Jenipapo dos Vieiras (1), Lagoa Grande do Maranhão (1), Passagem Franca (1), Pedreiras (1), Raposa (1), Santa Inês (1), Santa Rita (1), São João dos Patos (1), São Luiz Gonzaga do Maranhão (1), Vargem Grande (1), Vitorino Freire (1), Açailândia (2), Bacabal (2), Paulo Ramos (2) e Rosário (2).

O Maranhão contabiliza agora 7.403 pessoas que perderam a vida para o novo coronavírus, desde o início da pandemia em março do ano passado.

Outro dado preocupante é em relação ao número de casos novos, que chegaram a 981, de acordo com o último boletim epidemiológico da SES. Foram 178 na Grande Ilha, 51 em Imperatriz e 752 nas demais regiões do estado. O número de infectados alcançou 268.997.

Hoje, 20.568 pessoas estão com o novo coronavírus ativo no organismo sendo que 19.301 estão em isolamento domiciliar e 1.267 estão em tratamento em unidades de saúde, sendo que 757 estão internadas em leitos de enfermarias e 510 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em relação à ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede estadual de saúde na Grande Ilha, do total de 271 leitos disponibilizados, 240 estão ocupados, com a taxa chegando a 88,56%. Já em Imperatriz, a taxa de ocupação de leitos de UTI manteve-se em 62,50%.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte