Geral | Diversão com segurança

Cuidados fundamentais para retomada das viagens durante a pandemia

Pandemia exige adaptação e atenção especial ara evitar contaminação e outros problemas
28/04/2021 às 15h31
Cuidados fundamentais para retomada das viagens durante a pandemia, (Divulgação)

Curitiba - A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) afetou drasticamente o setor de turismo no Brasil, com queda de 36,7% no índice de atividades turísticas no ano de 2020, se comparado a 2019, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE.

Outro fator que demonstra o impacto da queda de usuários no turismo é que - de acordo com a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo - cerca de 1 milhão de pessoas que atuavam no setor foram demitidas, incluindo trabalhadores diretos e indiretos. Além disso, a estimativa de faturamento é de 50% do que foi registrado em 2019.

Cuidados
Apesar do impacto, muitas pessoas têm a necessidade de cumprir agendas de viagens ou buscam um momento de conforto em locais de lazer. No entanto, todo cuidado é pouco para evitar contaminação, sendo necessário reforçar as normas de higiene e as medidas de segurança.

As viagens de avião e ônibus, por exemplo, seguem sendo realizadas. Especialistas dão dicas para que os transportes, hospedagens, restaurantes e outros serviços que envolvem o ramo turístico sejam usufruídos com segurança e seguindo os protocolos já determinados pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a mestre em Turismo, Raquel Pazini, apesar dos impeditivos que o setor sofre com a pandemia, a retomada das atividades está ocorrendo gradualmente.

"O primeiro cuidado importante é verificar o decreto vigente no estado e município que se pretende visitar. Consultar agências de viagem é importante, pois elas têm informações da abertura do comércio local e o que está funcionando naquele destino", declara Raquel.

Os hotéis em que os viajantes vão se hospedar também fornecem informações relevantes, pois os protocolos internos e limitações de uso de espaços comuns devem ficar evidentes para os hóspedes. "Na reserva, verifique se existem tarifas flexíveis para cancelamentos e serviços que precisarem ser alterados", destaca a especialista.

Para viagens internacionais, a orientação é verificar se há abertura de fronteiras para brasileiros e quais as exigências necessárias para entrar no país, tais como testes de Covid-19 e formulários.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte