Política | Base Espacial

Bolsonaro revela interesse de 14 empresas estrangeiras em Alcântara

Presidente da República utilizou o seu perfil em rede social para destacar os desdobramentos da aprovação do AST no Congresso Nacional
Ronaldo Rocha/Da Editoria de Política26/04/2021 às 09h24
Bolsonaro revela interesse de 14 empresas estrangeiras em AlcântaraCentro Espacial de Alcântara despertou interesse de 14 empresas estrangeiras (Divulgação)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou em seu perfil em rede social que 14 empresas estrangeiras já manifestaram interesse em operar no Centro Espacial de Alcântara (CEA), situado na Região Metropolitana de São Luís.

A declaração do presidente ocorre dois meses depois de ele ter cumprido agenda oficial no município de Alcântara, ocasião em que anunciou uma série de investimentos para o desenvolvimento local.

Bolsonaro afirmou que o interesse das empresas ocorre depois de aprovado e homologado o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) que assegura parceria comercial entre o Brasil e os Estados Unidos da América (EUA) para uso do CEA.

“Após a homologado do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas pelo Governo Federal, crescem os interesses de empresas no espaçoporto de Alcântara. Desenvolvimento regional e nacional, emprego e tecnologia; 14 empresas de diferentes países já manifestaram interesse em realizar operações a partir de Alcântara. Um marco para a história e para o Programa Espacial Brasileiro”, escreveu Bolsonaro.

Prioridade

O CEA tem sido tratado como prioridade pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, que tem como ministro o astronauta Marcos Pontes.

Marcos Pontes tem mantido uma rotina de visitas trimestrais em Alcântara. Ele também já levou outros ministros e membros do Congresso Nacional para conhecerem a cidade e o CEA.

O objetivo, segundo ele, é atrair investimentos de outros setores do Governo Federal e apoio de senadores e deputados federais de todo o país, no projeto de expansão do Centro Espacial de Alcântara.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte