DOM | Incentivo e soluções

Criatividade e inovação são a chave para o sucesso

Novas ideias podem transformar o mercado e a sociedade
25/04/2021 às 00h26
Criatividade e  inovação são a chave para o sucessoLorena, de 7 anos, já escreveu vários livros (Divulgação)

São Luís - Há quem acredite que quanto maior a empresa, maior será a probabilidade de ter sucesso no mercado. Claro, o fato de possuir mais verba para a realização de seus projetos pode ser um diferencial. No entanto, essa não deve ser uma regra do mercado, ainda mais com o crescimento de um novo tipo de negócio, que surge como prova de que isso nem sempre é verdade.

Para alcançar o objetivo de conquistar o mercado, manter o potencial competitivo e a sustentabilidade do seu negócio, as empresas precisam contar com dois itens fundamentais: inovação e criatividade.

A criatividade é o norte de todo esse processo e ela vem para trazer soluções, possibilidades e abrindo, de fato, novos caminhos. O Maranhão conta com muita gente talentosa que retira da criatividade o ponto de partida para grandes negócios.

Foi através da criatividade e inovação que a professora Alionalia Lopes desenvolveu uma plataforma digital de suporte didático-pedagógico para a construção de histórias infantis que se transformam em livros de verdade. Tudo começou quando a professora, ao analisar o comportamento da filha, Lorena Lopes, diante do computador e do celular, percebeu que ela, mais do que se entreter com o universo dos quadrinhos e desenhos, conseguia criar as próprias histórias para brincar e contar. Na época, Lorena tinha apenas 4 anos de idade e Alionalia decidiu incentivar o talento da filha.

Surgiu, assim, a ImaginaKids, uma Startup de educação maranhense que incentiva a leitura e a escrita. Lorena, hoje com 7 anos de idade, já escreveu vários livros. “Foi uma inquietação familiar. Eu queria que a minha filha usasse as tecnologias de forma saudável. A criança conta muita história, tem imaginação e pela plataforma ela consegue criar os próprios livros e ter acesso a outros. A tecnologia tem sido muito utilizada pelas escolas”, comenta Alionalia.

“Estamos vivendo um mundo em que a criatividade recriou muita coisa e isto é algo que transcende, pois a criatividade vem para abrir a mente para novas possibilidades e formas de encarar a vida”, comenta a líder do programa de Criação, Karolyna Borges.

Para o CEO do Black Swan, João Silva, ser criativo, hoje, não é diferente de como era antes. O reflexo disso é percebido na Academia, nas artes, nas relações e nos negócios. “Hoje, a gente tem mais certeza de que a criatividade não tem a ver, especificamente, com um dom. Tem a ver com a prática de se observar o mundo continuamente e entender, a partir dessa observação, como o indivíduo consegue contribuir para a coletividade”, considera.

Ele ressalta ainda que o processo de transformação digital que se está vivendo é processo de transformação cultural proposto por ideias criativas dentro de uma nova realidade. “As pessoas e as empresas chegaram a um novo mercado, completamente modificado pela tecnologia, pela internet e precisam se alinhar a este novo momento para alcançar o sucesso”, encerra.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte