Cidades | Educação

24 municípios já tem acesso à TV Educação

A expectativa é de alcançar 90 mil alunos, e o objetivo é expandir o projeto para as modalidades de educação indígena, quilombola e Ensino Fundamental
22/04/2021 às 11h45
24 municípios já tem acesso à TV Educação Plataforma alcança cerca de 90 mil alunos (Paulo Soares / O Estado)

São Luís – Criada pelo Governo Estadual como uma forma de garantir a continuidade do ensino educacional durante a pandemia da Covid-19, a TV Educação tem acesso disponível em 24 municípios e tem expectativa de alcance de mais de 90mil estudantes, conforme os dados da Secretária de Estado da Educação (Seduc).

Em conjunto com a plataforma Gonçalves Dias, a ideia é garantir que estudantes da rede pública estadual tenham acesso aos conteúdos educativos que os auxiliarão no ensino remoto, além de ofertar material exclusivo de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e demais vestibulares de todo Brasil.

De acordo com a Seduc, o Governo do Maranhão tem expectativas para a expansão das ações da Plataforma Gonçalves Dias, para atendimento à todas as modalidades de ensino, especificamente às de educação: Indígena e Quilombola, e incluindo ainda aulas para o Ensino Fundamental – englobando o atendimento à estudantes que ainda fazem parte da rede estadual, e todas as redes municipais.

Além da TV Educação, a plataforma Gonçalves Dias, que é online, também está disponível através do Spotfy, com podcasts de assuntos educacionais. Para aqueles alunos que não tem acesso à web, o Governo Estadual tem disponibilizados chips de internet. Desde o início da entrega para estudantes da rede estadual já foram entregues aproximadamente 200 mil unidades de chips com dados móveis.

Desafio para professores

Outro desafio para educação durante a pandemia da Covid-19 é o preparamento e a disponibilização de materiais para professores adaptarem suas aulas para o formato a distância. A Seduc informou que foi ofertado, no início do ano letivo, um curso de Formação sobre o ‘Uso de Tecnologias para o Ensino’, além de disponibilizar orientações didáticas para o planejamento das práticas escolares durante a Jornada Pedagógica 2021.

Além disso, também foram realizadas as seguintes medidas:

- Jornada Pedagógica, com discussão sobre o ensino remoto, e orientações sobre as relações socioemocionais durante a pandemia;

- Disponibilização de e-mail institucional no domínio do GSuite, para uso do Google Sala de Aula, Google Meet e demais tecnologias Google;

- Formação sobre uso de tecnologias para as aulas;

- Disponibilização de combo didático (Roteiros de Estudo, Apostilas e Videoaulas) compreendendo todos os componentes da 1ª a 3ª series do Ensino Médio, na Plataforma Gonçalves Dias, para colaborar com os docentes.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte