Esporte | Estadual 2021

Voa, Canário! IAPE surpreende e bate o Sampaio Corrêa no estádio Castelão

Com um gol nos acréscimo, o Canário da Ilha bateu a Bolívia Querida, na tarde desta quarta-feira, 21, pela 7ª rodada do Maranhense e avançou à 2ª fase
Eduardo Lindoso/ Editor de Esportes 21/04/2021 às 18h39
Voa, Canário! IAPE surpreende e bate o Sampaio Corrêa no estádio Castelão Sampaio e IAPE disputaram duelo no estádio Castelão (Matheus Dahsan/FMF)

SÃO LUÍS – Eliminado da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa completou três jogos sem vitórias e perdeu, nesta quarta-feira, 21, no estádio Castelão, para o IAPE, em jogo válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Maranhense. Com o revés, por 1 x 0, a Bolívia Querida perdeu a oportunidade, já que o Moto Club também foi derrotado, de avançar às semifinais na primeira colocação, o que lhe daria vantagem de decidir uma vaga em casa. E o Canário da Ilha, que não tem nada a ver com isso, se classificou à segunda fase e, de quebra, espantou qualquer chance de rebaixamento.

Como fica a tabela?

Moto Club e Sampaio, já classificados para as semifinais, esperam os dois times que saem da segunda fase. Pinheiro, IAPE, Juventude e São José fazem os duelos por vaga nas semi. Bacabal e Imperatriz foram os rebaixados. A datas para esses jogos da segunda fase não foram divulgadas. No mata-mata, Juventude e IAPE jogam, domingo, 25, às 15h30, no Pinheirão, na cidade de São Mateus. Na segunda-feira (26), no mesmo horário, duelam São José e Pinheiro, no Nhozinho Santos, em São Luís. Na segunda-feira, 26, no mesmo horário, jogam São José e Pinheiro, no Nhozinho Santos, em São Luís.

As partidas da volta, que definem os classificados, serão no dia 28 de abril (quarta-feira) - IAPE x Juventude, às 15h30, no Nhozinho Santos -, e no dia 29 de abril (quinta-feira), quando Pinheiro e São José se enfrentam, às 16h, no estádio Costa Rodrigues, em Pinheiro.

Goleiros evitam gols

Com mudanças em sua equipe titular, o Sampaio Corrêa iniciou a partida ditando o ritmo do confronto, mas aos poucos o IAPE foi se organizando e passou a se aventurar também no ataque. Tanto que, aos 10 minutos, a primeira finalizam em gol foi do Canário da Ilha. Edrena fez boa jogada individual e mandou um chute, defendido com tranquilidade por Mota.

Um minuto depois o Tricolor respondeu com Jefinho, que aproveitou uma bola que sobrou e acertou um chute certeiro, mas Moisés impediu o primeiro gol no Castelão. Aos 16, Matheus Rubens voltou a testar o goleiro do Sampaio, que defendeu em dois tempos o bom chute do lateral. Melhor neste momento da partida, o IAPE quase faze o seu primeiro aos 18 minutos, após chute de Ricardo Maranhão, que aproveitou cruzamento de rasteiro de Vinícius Barata, e só não marcou porque o arqueiro tricolor fez mais uma boa defesa.

Acuado, o Sampaio resolveu se lançar ao ataque e Joanderson, de perna esquerda, finalizou com muito perigo, com uma bola que passou muito próxima do gol de Moisés. Depois da parada técnica para hidratação o Sampaio voltou mais empolgado e aos 34 Dudu quase faz. O atacante escorou um bom cruzamento de Jajá com uma linda cabeçada, mas o goleiro do IAPE estava firma para impedir o tento.

No minuto seguinte Wellington recebeu bom passe de Gustavo e mandou uma bomba, que assustou Moto, passando rente à trave esquerda do goleirão. Aos 43 o IAPE chegou a marcar, mas arbitragem identificou impedimento de Ricardo Maranhão. Sendo assim, a primeira etapa terminou sem gols no Gigante do Outeiro da Cruz.

Golaço do Canário no fim

Com bastante modificações na equipe, três mudanças no intervalo, o Sampaio Corrêa iniciou a segunda etapa com tudo, e, aos dois minutos, Dudu, em mais uma boa cabeçada, não marcou por muito pouco. Aos 10 minutos o lateral-esquerdo Brenno foi expulso, após duas faltas seguidas em Pimentinha, e deixou o IAPE com menos um.

Depois da expulsão e o IAPE se fechou mais, e o Sampaio passou a ter mais dificuldades para chegar preto do gol. Somente aos 25 veio uma boa chance do Tricolor, com Jajá, que partiu pela esquerda e mandou uma bomba rasteira, que Moisés mandou para escanteio.

O jogo já estava sem emoção, e com a expulsão de Ferreira, deixando o Sampaio também com 10 em campo, ficou pior ainda. Os times não conseguiam criar chances de gol.

No entanto, no apagar das luzes, aos 46, o goleiro Mota pegou a bola fora da área e juiz marcou falta. Na cobrança, o lateral Matheus Rubens acertou uma linda cobrança, no ângulo, e fez o gol da vitória do Canário: 1 x 0.

SAMPAIO 0 x 1 IAPE

Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)

Data: Quarta-feira, 21 de Abril de 2021

Horário: 15h30 (de Brasília)

Árbitro: Paulo José Sousa Mourão

Assistentes: Raphael Max Borges Pereira e Edna Cristina Santos Ferreira

SAMPAIO

Mota; Sávio, Joécio, Alan Godói (Lucão) e Victor (Erick Daltro); André Luís (Ferreira), Eloir e Joanderson (Pimentinha); Jajá, Dudu (Weslley) e Jefinho

Técnico: Rafael Guanaes

IAPE

Moisés; Matheus Rubens, Gustavo, Denilson e Brenno; Abu, Jorge, Vinicius Barata e Edrean; Ricardo Maranhão (Léo Ares) e Wellington Jr (João Vitor)

Técnico: Zé Augusto

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte