Opinião | Artigo

Não há vida sem esperança

Joel Nunes *17/04/2021

A vida é imprevisível. Quem acha que a domina, vive uma ilusão. Nunca saberemos o que virá, como será o nosso futuro, nossas vidas, se nossos casamentos serão felizes, se nossos filhos terão saúde, se atingiremos as metas financeiras que traçamos, nem quanto tempo teremos por aqui. Ironicamente, a imprevisibilidade da vida nos dá uma única certeza: encontraremos obstáculos no caminho. Nem o melhor e mais minucioso dos planejamentos impedirá que coisas ruins aconteçam e nem a mais positiva das pessoas acreditará, o tempo todo, que a vida é feita apenas de sorrisos. Ciclos começam e terminam. Alguns mais curtos, outros tão longos que parecem não ter fim, tal qual o que vivemos agora.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte