Geral | Público-alvo

Profissionais das forças de segurança serão vacinados contra Covid-19

Em São Luís e Imperatriz a imunização começa nesta segunda-feira (5) em postos instalados, respectivamente, no São Luís Shopping e no Imperial Shopping
05/04/2021 às 07h00
Profissionais das forças de segurança serão vacinados contra Covid-19Por decisão do Ministério da Saúde, agentes da segurança começarão a ser vacinados (Divulgação)

São Luís - Os profissionais das forças de segurança foram incluídos no plano de imunização do Governo do Estado do Maranhão e a vacinação destinada a este público-alvo inicia, em São Luís e imperatriz, já nesta segunda-feira (5). Nos 18 batalhões da Polícia Militar em outras regiões do estado, a vacinação será iniciada na quarta-feira (7).

Em São Luís, a vacinação ocorrerá em sistema de drive-thru montado no São Luís Shopping e em Imperatriz, no Imperial Shopping. "Em São Luís e Imperatriz, o serviço começa nesta segunda (5) e em 18 batalhões da PM em outras regiões, na quarta-feira (7). Peço que todos fiquem atentos às orientações de seus comandos pois a vacinação será feita em fases, assim como vem sendo feita de acordo com o Plano Nacional de Imunização. Assim, cada comando de cada unidade transmitirá as informações em relação a cada fase", disse o governador Flávio Dino.

A inclusão destes profissionais como público-alvo ocorreu depois que o secretário de estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, levou a proposta à reunião da Comissão Intergestores Tripartite, no Plano Nacional de Imunização. Com a aprovação, a categoria foi inclusa no Plano Estadual de Imunização, possibilitando que os profissionais sejam vacinados.

Ainda como parte das ações de combate às diversas dimensões da doença, o governador Flávio Dino solicitou à categoria que, aqueles que puderem, doem, no momento da vacinação, um quilo de alimento. As doações serão destinadas à composição de cestas básicas que serão entregues pelo Corpo de Bombeiros. Do início da pandemia até agora, os bombeiros já distribuíram mais de 400 mil cestas básicas aos mais necessitados.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte