Geral | Despedida

Jornalista Ribamar Cardoso é homenageado ao se desligar de O Estado

A história do profissional de imprensa com o veículo se iniciou na década de 1960, quando ainda era Jornal do Dia; diretoria do Grupo Mirante participou da homenagem
01/04/2021
Jornalista Ribamar Cardoso é homenageado ao se desligar de O EstadoJornalista Ribamar Cardoso com o presidente do Conselho de Administração do Grupo Mirante, Fernando Sarney, o diretor executivo Marcus Sarney, o diretor de Redação, Clóvis Cabalau, e parte da equipe de O Estado do Maranhão (Paulo Soares)

De uma geração que vivenciou a evolução tecnológica da imprensa na lida diária e com décadas dedicadas ao exercício da profissão, o jornalista Ribamar Cardoso, 78 anos, se despediu dos colegas e do trabalho na Redação de O Estado nesta quarta-feira, 31. Uma homenagem ao decano marcou o desligamento da empresa, com presença do presidente do Conselho de Administração do Grupo Mirante, Fernando Sarney; do diretor Executivo do Grupo Mirante, Marcus Sarney; do diretor de Redação, Clóvis Cabalau, e de parte da equipe do jornal.

“Só tenho a agradecer por todos esses anos. Foi bom enquanto durou. Foram longos anos de amizade muito grande, da direção aos colegas de trabalho. Fiz muitos amigos aqui. Deixei minha contribuição e, agora, vou aproveitar outros momentos da vida”, afirmou, emocionado, Seu Cardoso ou Cardosinho - como era carinhosamente chamado pelos colegas. A história do jornalista com O Estado se iniciou na década de 1960, quando ainda era Jornal do Dia, e nos últimos 20 anos editou a página de Polícia no matutino.

Os anos de dedicação ao jornal foram ressaltados por Fernando Sarney, que lembrou histórias vividas ao lado do jornalista ainda na década de 1980. “Cardosinho viveu a história do jornal O Estado, por isso fiz questão de estar aqui nesse momento, para agradecer pelo trabalho que ele fez e também para dizer que essa casa também é dele e estará sempre de portas abertas para ele”, declarou Fernando Sarney.

O exemplo deixado por Cardoso também foi destacado por Marcus Sarney. “Seu Cardoso sempre foi essa presença forte na Redação de O Estado, e a comoção visível na equipe nessa despedida é uma prova dessa história de trabalho e dedicação que ele construiu”, afirmou.

“Essa homenagem é uma forma de agradecer ao Cardoso, que tem uma história marcada pelo trabalho e pela simplicidade. Experiente, sempre foi dedicado ao que fazia e, quando foi preciso, se debruçou para aprender um pouco mais sobre as inovações do jornalismo online. Criterioso com os dados da notícia, ele vai fazer falta na rotina diária da Redação”, ressaltou Clóvis Cabalau.

O jornalista Ismael Araújo, por quase uma década trabalhando direto com Cardoso como repórter de Polícia, disse que ele deixará muita saudade. “Só quero agradecer os anos de convivência e o aprendizado. Considero Seu Cardoso um grande mestre na história do jornalismo no Maranhão”, destacou.

Vínculo

Na Carteira de Trabalho de Cardoso, a primeira assinatura atesta o vínculo com o então Jornal do Dia e data de 10 de maio de 1967. Ele começou como fotógrafo, aos 20 anos de idade, pois tinha experiência na área, já que desde os 13 anos trabalhava no Foto Londres, empresa comum à época.

Nesse período, foi colega de redação de intelectuais como Bandeira Tribuzi, Joaquim Itapary, Benedito Buzar, Fernando Almeida, José Carlos Sousa Silva, Cordeiro Filho e outros. Depois da primeira experiência, foram diversas passagens por O Estado, tendo sido repórter de esporte, polícia e de política. Em 1992, ele voltou para o veículo como repórter da área de política. Com o passar do tempo, assumiu a editoria de Polícia, cargo que exerceu - mesmo após aposentadoria, anos atrás - até o afastamento nesta quarta-feira, 31.

Ativo e assíduo, a pandemia de Covid-19 o afastou dos afazeres em 2020, aos 77 anos. Mas, Cardoso segue apaixonado pela profissão. Tanto que, após a homenagem, disse que voltará à Redação, agora, apenas para aplacar saudade dos amigos que a profissão trouxe para a sua vida.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte