Política | STF

Lula esvazia tentativa de preservação de legado da Lava Jato

Fachin queria levar a plenário habeas corpus que alegavam suspeição de desembargadores do TRF-4
Agência Estado06/03/2021

BRASÍLIA - Na véspera de julgamento no Supremo Tribunal Federal, a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desistiu de dois habeas corpus que alegavam a suspeição dos desembargadores João Pedro Gebran Neto e Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), no caso do sítio de Atibaia. A desistência foi homologada pelo ministro Edson Fachin, do STF, na quinta, 4, e acaba minando uma tentativa do relator da Lava Jato na corte de reduzir danos ao legado da operação.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte