Geral | Pandemia

Maranhão deve ultrapassar barreira de 5 mil mortos nesta sexta, 26

Segundo o boletim desta quinta-feira, havia 4.994 óbitos registrados no estado e, levando em conta a média diária, número deve ser alcançado
25/02/2021 às 20h11
Maranhão deve ultrapassar barreira de 5 mil mortos nesta sexta, 26 (Freepik)

São Luís - O Maranhão soma, desde o início da pandemia, em março, 218.156 casos confirmados de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, segundo dados do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), na noite desta quinta-feira, 25. O boletim registra ainda 4.994 óbitos e 203.423 pacientes recuperados no estado. Levando-se em conta a média diária de mortes, o Maranhão deve ultrapassar barreira de 5 mil mortos nesta sexta, 26.

No último boletim, foram 17 novos óbitos informados pela SES, oito deles com registro nas últimas 24 horas, sendo os demais referentes a dias ou semanas anteriores e aguardavam resultado de exame. No total, foram registradas mortes em Açailândia (1), Campestre do Maranhão (1), Governador Eugênio Barros (1) Imperatriz (1), Itinga do Maranhão (1), Porto Franco (1), São Domingos do Maranhão (1), São José de Ribamar (1), Codó (3) e São Luís (6).

Do registro de óbitos, 3.035 foram de pessoas do sexo masculino (61%) e 1.959 foram de pessoas do sexo feminino (39%). Foram realizados 534.679 testes e há um total de 1.068 casos suspeitos.

Do total de confirmados, há 9.739 casos ativos, sendo que 8.647 estão em isolamento domiciliar; 629 estão internados em enfermarias (434 em hospitais públicos e 195 em unidades privadas); e 463 estão internados em leitos de UTIs (295 na rede pública e 168 na rede privada).

Quanto a novos casos, segundo o boletim, foram 115 registros na Ilha de São Luís (incluindo São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar), 154 em Imperatriz e 585 nos demais municípios do estado.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte