Cidades | Imperatriz

Cronograma de atividades escolares para 2021 está sendo preparado

Ano letivo iniciará em 17 de março de forma remota nos primeiros 30 dias de aulas
21/02/2021 às 07h13
Cronograma de atividades escolares para 2021 está sendo preparadoCalendário definitivo encerrará em fevereiro de 2022 garantido férias, recessos e sem sábados letivos (Divulgação/Sara Ribeiro)

Imperatriz - Com a proximidade do encerramento do ano letivo de 2020 em 27 de fevereiro, a Secretaria Municipal de Educação, Semed, prepara-se para início das atividades escolares de 2021. Nesta sexta-feira, 19, em reunião com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino de Imperatriz, Steei; Conselho Municipal de Educação, CME; Associação dos Gestores, Agesmi, e equipe técnica da Semed, foi discutido cronograma para o retorno às aulas presenciais e calendário letivo.

O secretário de Educação, José Antônio Pereira, destacou que a Semed está ponta para qualquer situação de retorno, seja de forma presencial, híbrida ou remota, mas levando em consideração a situação atual da pandemia em Imperatriz, não há possibilidade de aulas presenciais, logo no começo das atividades escolares.

“A pandemia está apresentando crescimento de casos. O ensino público é diferente do ensino privado, pois nosso público é bem maior, temos mais de 45 mil alunos. Não vamos forçar uma situação de retorno sem termos condições ou sem sensibilidade em relação a saúde das famílias que dependem do ensino público”, enfatizou o secretário.

Conforme acordado no encontro, aulas iniciarão em 17 de março, sendo que os primeiros 30 dias serão remotos para os alunos. A partir de 16 de março, professores retomam serviço presencial de acordo com escala de trabalho elaborada pela gestão das escolas, homologada pela Semed.

“Como sugestão das entidades, diante da análise da situação pandêmica e do Plano Nacional de Operacionalização da Vacina que, ainda, não contempla a área educacional, vemos que iniciar as aulas na plataforma é o caminho mais seguro”, reforçou Francisco Silvestre, do CME, corroborado por Cleomar Conceição da Agesmi.

Calendário Escolar

Na oportunidade foram apresentadas quatro propostas de calendário letivo para 2021. Os principais critérios para escolha do calendário definitivo foi garantir períodos de férias, recessos, feriados e sem sábado letivo. “Decidimos pelo calendário normal, com encerramento em fevereiro de 2022. Além disso, não precisamos ter sábados letivos, e por segurança, sem vacina disponível, devemos permanecer nas aulas não presenciais”, defendeu Francisco Messias, presidente do Steei.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte