Geral | Coronavírus

Poucas doses de vacina contra a Covid-19 e baixa procura registrada em São Luís

No drive-thru na UFMA foi suspenso o atendimento devido ao baixo índice de doses; já no Centro Municipal de Vacinação, doses não foram aplicadas por falta de público
19/02/2021
Poucas doses de vacina contra a Covid-19 e baixa procura registrada em São LuísCadeiras ficaram vazias no Centro Municipal de Vacinação (De Jesus / O ESTADO)

São Luís - O Centro de Vacinação (CMV) no Cohafuma, em São Luís, registrou, ontem, 18, baixa procura por doses contra a Covid-19. Até às 16h de ontem, segundo a coordenação de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), apenas 149 pessoas foram atendidas no local.

O saldo era bem inferior ao registrado um dia antes. Na quarta-feira,17, por exemplo, de acordo com dados da Semus, 755 pessoas foram atendidas no CMV. Segundo a pasta municipal, um dos fatores para a baixa procura pode estar creditada ao receio de possíveis reações adversas, como febre e outros sintomas.

Outro fator é o estoque de vacinas, que está perto de cessar. Dados obtidos por O Estado apontam que aproximadamente 950 pessoas ainda são aguardadas para tomar a segunda dose na capital. “Precisamos que as pessoas venham ao Centro. Temos estoque, os profissionais estão no local e o público pode vir”, disse a coordenadora de imunização da Semus, Charlene Luso.

Em pouco mais de uma hora, apenas 20 pessoas foram atendidas. Devido ao movimento baixo, de forma rápida, a pessoa era atendida pelo setor de triagem, que coleta as informações do (a) interessado (a). No CMV, de acordo com a Semus, estão sendo vacinados profissionais de saúde que atuam em setores de urgência e emergência de unidades públicas e privadas incluídas na estrutura de controle epidemiológico da Covid-19.

Um dos que conseguiram se vacinar ontem,18, foi o enfermeiro Nivaldo Martins. Ele deveria ter recebido a segunda dose na segunda-feira,15, no entanto, não conseguiu por questões ligadas ao trabalho. “Não tive tempo de vir e, portanto, somente consegui hoje [ontem]”, disse.

A farmacêutica Elba Aline também se protegeu em segunda dose contra a Covid-19. “Deveria ter vindo no dia 16 agora, mas não consegui e vim dois dias depois da data prevista. Nem eu esperava encontrar tão pouca gente hoje [ontem]”, afirmou.

Com doses e sem doses

Devido à baixa oferta de doses, o atendimento no drive-thru da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), montado pela Prefeitura para o atendimento de idosos em especial acima dos 85 anos de idade foi suspenso e, por enquanto, não há data para a retomada dos serviços. Os profissionais que atuavam no local serão deslocados para aplicarem doses de vacina em pessoas acamadas.

De acordo com a Semus, este público específico será contemplado a partir de hoje (19), em cronograma que será disponibilizado nas redes sociais da Prefeitura (Twitter e Instagram).

Até o momento, o Município não informa sobre novas doses de vacina contra a Covid-19 para a cidade. Segundo a Prefeitura, o envio de remessa depende de disponibilidade do Ministério da Saúde (MS).

Nota Semus

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) informa que a vacinação contra a Covid-19 via Drive-thru, instalado na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), foi suspensa nesta quinta-feira (18), mas o que serviço voltará a ser ofertado, quando chegarem novas doses da vacina.
A Semus destaca, também, que nesta quinta-feira (18) foi iniciado o reforço da vacinação dos acamados.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte