Política | Vacinação

Rodrigo Maia acusa Pazuello de crime e diz que populismo de Jair Bolsonaro é "vírus"

CNN Brasil divulgou carta da Pfizer, enviada ao Brasil ainda no mês de setembro, com apelo para que país fechasse acordo para a compra da vacina
Agência Estado26/01/2021

BRASÍLIA - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse não ter dúvidas de que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, cometeu crime ao conduzir a pasta durante a pandemia da Covid-19 no País.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte