Política | Sem comorbidades

Casos graves de Covid-19 entre jovens aumentam no Maranhão

Informação foi dada pelo secretário de saúde, Carlos Lula, em coletiva na manhã desta segunda (25) em que foram anunciadas medidas para impedir avanço da pandemia
José Linhares Jr / Da Editoria de Política 25/01/2021 às 12h37
Casos graves de Covid-19 entre jovens aumentam no MaranhãoSecretário Carlos Lula anunciou medidas em coletiva (Reprodução)

SÃO LUÍS - O secretário de saúde do governo do Maranhão, Carlos Lula, concedeu coletiva hoje em que noticiou medidas que devem ser tomadas pela gestão estadual para tentar frear o aumento nos casos de infecção por Covid-19 no estado. Durante a coletiva, o secretário divulgou um dado alarmante: é crescente o número de casos graves da doença entre jovens de 24 a 35 anos sem comorbidades. “Hoje 10% dos leitos de UTI do hospital Carlos Macieira são ocupados por pacientes em estado grave com 24 a 35 anos”, disse.

MEDIDAS

Carlos Lula explicou as razões que fizeram o governo rever as medidas de distanciamento social. Números do governo revelam que, caso nada fosse feito, em poucos dias o índice de ocupação dos leitos do estado por infectados pela pandemia poderia tingir 90%.

Entre as medidas anunciadas para conter o avanço da doença, estão remanejamento de leitos da rede público. Como parte das ações, as UPAS do Araçagy e Vinhais serão dedicadas apenas ao atendimento de pacientes com Covid-19. Além disso o secretário anunciou o aumento na oferta de leitos na rede estadual.

A principal medida de distanciamento social foi a proibição de pequenos eventos como aniversários, casamentos e reuniões. Situações com até 150 estavam permitidas e, a partir de amanhã, serão proibidas por 14 dias. As medidas não alcançam, pelo menos pelo momento, a bares e restaurantes.

Mais informações na edição impressa de O Estado desta terça.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte