Esporte | Tapetão

TJD-MA arquiva processo e Moto continua na 1ª divisão do Estadual

Os auditores do "Caso Gleydisson" entenderam que a denúncia do Imperatriz contra o Papão prescreveu
20/01/2021

São Luís - O caso "Caso Gleydisson" teve um desfecho favorável ao Moto Club. Por três votos a um, a Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) entendeu que a denúncia do Imperatriz contra o Papão do Norte que teria inscrito um jogador no Campeonato Maranhense de forma irregular prescreveu. Com isso, o Rubro Negro foi mantido como segundo colocado do Estadual e está mantido no Maranhense 2021. A sessão foi realizada na tarde de ontem, no auditório do TJD-MA, no Palácio dos Esportes, Centro. O Cavalo de Aço anunciou que vai recorrer da decisão.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte