Cidades | Manaus

Chegam ao HU-UFMA 12 pacientes transferidos de Manaus com Covid-19

HU-UFMA disponibilizou pelo hospital 40 leitos de enfermaria que estão devidamente equipados com monitores multiparamétricos e ventiladores mecânicos
16/01/2021 às 17h31
Pacientes são transportados em ambulância do aeroporto Cunha Machado até o hospital, no centro de São Luís

O Hospital Universitário da UFMA, gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, mobilizou mais de 100 profissionais de saúde entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e demais áreas de apoio para atender os pacientes transferidos de Manaus. Os 12 pacientes chegaram na noite desde sexta-feira, 15, por volta das 21h30, no Aeroporto Internacional de São Luís - Marechal Cunha Machado, no qual foram encaminhados para o hospital em ambulâncias do SAMU.

Uma equipe do hospital estava a postos para receber os pacientes ainda no aeroporto, entre eles a superintendente do HU-UFMA, Joyce Santos Lages. Foram disponibilizados pelo hospital 40 leitos de enfermaria que estão devidamente equipados com monitores multiparamétricos e ventiladores mecânicos.

A superintendente Joyce Santos Lages, relata como tem sido a preparação do hospital e a importância de oferecer ajuda nesse momento tão difícil “Disponibilizamos leitos isolados dos demais leitos do hospital. É importante frisar para a população que iremos manter os atendimentos normais. Logicamente que nesses primeiros dias vamos trabalhar com alguns ajustes internos, que são necessários. Não estava planejado, mas entendemos que é uma ação humanitária. Estamos todos empenhados, MEC, Ebserh e UFMA, para apoiar esta ação que entendemos ser de suma importância para a vida humana”.

Paralelo a isso, serão enviados mais de uma tonelada de insumos, entre medicamentos, materiais médicos e EPIs que ajudarão a combater a pandemia no estado do Amazonas.

Com a coordenação do Ministério da Saúde (MS), uma rede de apoio foi criada em todo o país para receber os pacientes de Manaus com Covid-19 que não encontram mais vagas para internação na capital amazonense. Na tarde da última quinta-feira, 14, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação, encaminhou um ofício ao Ministério da Saúde disponibilizando, aproximadamente, 150 leitos distribuídos em nove hospitais universitários federais que fazem parte da Rede Ebserh a fim de ajudar o estado.

Outros hospitais da rede que receberão pacientes são: Hospital Universitário Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (HUOL-UFRN); Hospital Universitário de Brasília da Universidade Federal de Brasília (HUB-UnB); Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI); Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB); Hospital Universitário da Universidade Federal de Goiânia (HC-UFG); Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará (HUWC-UFC); Hospital Universitário da Universidade Federal de Pernambuco (HU-UFPE) e no Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes da Universidade Federal de Alagoas (HUPAA-UFAL). Dos 150 leitos, 22 são de UTI e os demais de enfermaria.

Novos pacientes

No meio da tarde deste sábado mais 11 pacientes vítimas de Covid-19 desembarcaram no aeroporto Cunha Machado, vindos de Manaus, capital do Amazonas. Do aeroporto eles foram transportados em seguida, em ambulância, para internação no HU-UFMA, no centro de São Luís

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte