Polícia | Ato criminoso

Médico e capitão da PM é denunciado por estupro em SL

Vítima é técnica em enfermagem e ato criminoso teria sido cometido em um hospital da capital
12/01/2021

São Luís - Um médico e capitão da Polícia Militar, de nome não revelado, de 35 anos, foi custodiado no presídio militar, o Manelão, localizado no Comando-Geral, no Calhau, mas já está em liberdade, acusado de violência sexual. De acordo com a polícia, ele foi preso na noite do último dia 9, após ter sido denunciado por ter estuprado uma técnica em enfermagem, de 22 anos, dentro de um hospital público, na Vila Palmeira.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte