Geral | Coronavírus

Saiba como reduzir os riscos de contágio nas comemorações do ano novo

Infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz reforça que a recomendação principal é ficar em casa e evitar aglomerações
31/12/2020 às 17h35

São Paulo - Em tempos de pandemia, muitas dúvidas surgem em relação às festas de Ano Novo: "Pode se reunir com a família?", "O que seria mais seguro?", "Sem beijos e abraços?". De acordo com o infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Dr. Ivan França, a regra de ouro é não se reunir com familiares e amigos, nem realizar festas. "Esse será o fim de ano da responsabilidade. Os casos de Covid-19 vêm aumentando em todo o país. Precisamos ser responsáveis, cuidarmos de nós mesmos e do próximo", comenta. A indicação também é a recomendada pela OMS (Organização Mundial da Saúde), que fez um alerta de que o mais seguro seria não realizar as tradicionais reuniões familiares desta época.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte